Página inicial
 
Mural de recados
18.01 | centralino
Tem muito imbecil que tem prazer em vir fazer postagem aqui posando de torcedor ...
18.01 | Willians Maia
Amigos...fico estarrecido como todos os anos e toda troca de Presidente no Centr ...
18.01 | Glauco
Esse conformismo idiota dos torcedores do Central, é o que mais irrita, empatar ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
03/01/2018
10h15 | esportes - SPORT
SPORT --- Saída definitiva de Régis para o Bahia quita débito com o São Paulo por Rogério
A negociação envolvendo o meio-campista Régis, Sport, Bahia e São Paulo deixou um saldo positivo nos cofres do Leão. Na compra do goleiro Jean, do Esquadrão de Aço, o Tricolor Paulista incluiu na negociação a garantia de que o Leão repassaria os direitos federativos (além da parte que detinha dos direitos econômicos) de Régis para os baianos. Então vinculado ao Sport até maio de 2019, a saída do atleta em definitivo da Ilha do Retiro rendeu a quitação de duas dívidas que os rubro-negros tinham com o São Paulo. Uma delas, a referente ao atacante Rogério.

O débito do Leão com o Tricolor Paulista para concluir a compra de R$ 3,5 milhões por mais 25% dos direitos econômicos de Rogério era de R$ 900 mil - e não de R$ 2 milhões, como se chegou a cogitar. A negociação envolvendo Régis não apenas quitou essa dívida, como também zerou uma pendência referente aos empréstimos do meio-campista para o Palmeiras e para o Bahia, nos quais o Leão lucrou nas ocasiões e não repassou a parte total que o São Paulo tinha direito por também ser dono de uma porcentagem dos direitos econômicos do meia. 

Essa segunda dívida dos repasses não realizados pelo Sport era de R$ 440 mil. No total, então, a saída de Régis para o Bahia zerou um débito de R$ 1,34 milhão que o clube pernambucano tinha com o paulista. De quebra, deixa ainda o Leão livre da barganha que a equipe paulista tinha em mãos na busca pelo meio-campista Diego Souza - visto que, inicialmente, o São Paulo queria aproveitar o débito rubro-negro para abater o valor total da compra do principal jogador do Sport.

Sobre Rogério, maior compra da história do clube, o Sport possui no total 50% dos direitos econômicos do jogador (os primeiros 25% comprados em 2016 por R$ 2,5 milhões), além dos direitos federativos do atacante até 2021. 

Por fim, Régis, atleta que o Sport investiu aproximadamente R$ 2,5 milhões, em 2014, em um contrato de cinco anos, despede-se do clube em definitivo deixando um saldo nos cofres do Leão. Além do dinheiro desta negociação atual, o Sport ainda ganhou um montante nos empréstimos para o Bahia e o Palmeiras, além de ter usufruído do jogador no elenco nos anos de 2014 e 2015 - em um total de 62 partidas.
 
DO SUPER ESPORTES PE 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker