Página inicial
 
Mural de recados
18.01 | centralino
Tem muito imbecil que tem prazer em vir fazer postagem aqui posando de torcedor ...
18.01 | Willians Maia
Amigos...fico estarrecido como todos os anos e toda troca de Presidente no Centr ...
18.01 | Glauco
Esse conformismo idiota dos torcedores do Central, é o que mais irrita, empatar ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
17/11/2017
12h41 | esportes - SPORT
SPORT - Daniel Paulista diz que não se importa com negociações da diretoria com outros técnicos
Desde quando demitiu Vanderlei Luxemburgo, apesar de ter Daniel Paulista no comando do time, o Sport vem mapeando treinadores para assumir o Leão em 2018. A diretoria intensificou as buscas a partir do domingo passado, quando o time perdeu do lanterna da Série A, o Atlético-GO. Técnicos foram procurados não só para o projeto do ano que vem, mas para conduzir o Rubro-negro também nas rodadas finais do Brasileiro. Apesar das buscas, Daniel garante que não se sente desprestigiado no cargo. 

Nomes como Guto Ferreira, Argel Fucks e Milton Mendes foram procurados pelo clube, enquanto Daniel Paulista trabalhava sob a “ameaça” que um novo profissional ocupasse a função que lhe foi dada para as partidas finais do Brasileiro. Após a derrota para o Palmeiras, agora faltando apenas mais três rodadas para o fim da competição, o interino não se afeta com a postura da direção. Pelo contrário. Deixa-a à vontade para ir atrás de outros comandantes. 

“Nunca foi segredo para ninguém que eu estou de forma interina. A diretoria está no mercado, buscando o que é melhor para o clube. Enquanto não tem a chegada de um treinador, não sei se para agora ou para a próxima temporada, vou fazer o meu melhor para que o Sport saia sempre vencedor”, frisou Daniel Paulista.

Segundo último posicionamento da gestão leonina, a procura agora é por um técnico apenas para 2018. Ainda com a espinhosa missão de salvar o Sport do rebaixamento, Daniel, portanto, coloca a equipe em campo nas partidas restantes do Brasileirão: contra Bahia, Fluminense e Corinthians.

Além de tentar encontrar a melhor formação para o time, Daniel segue confiante na fuga do Z4. Para o duelo com o Bahia no próximo domingo, na Ilha do Retiro, evita chamar a torcida, mas mostra comprometimento com a sua árdua tarefa. “Não vou aqui chamar o torcedor, que está chateado, de cabeça quente, como todos nós estamos. Mas vamos lutar, dar o máximo que der para sair dessa situação. A gente não esconde que é difícil e no domingo a gente espera contar com o torcedor. Não vou fazer campanha, mas temos que colocar o Sport acima de tudo para fazer as vitórias que precisamos.” 
 
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker