Página inicial
 
Mural de recados
21.11 | MARCOS LEITE
AOS POUCOS O CENTRAL TÁ ARRUMANDO A CASA, MONTANDO O TIME, VAMOS APOIAR ESSA FES ...
21.11 | VICTOR HUGO
GALERA VAMOS NO EVENTO DO CENTRAL, FIÉIS CENTRALINOS VÃO LÁ NA FEIJOADA, VAMOS N ...
21.11 | Patativa
Esse Pierre poderia ir morar em salgueiro,só fala desse time do sertão, então ca ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
12/11/2017
19h54 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A - Atlético/GO 2x0 Sport - Rubro Negro tem só quatro rodadas para deixar o Z4
O Sport apresentou mais um atestado que tem tudo para cair na Série A. Já com cara de rebaixado, indiferente à situação crítica na tabela e sem padrão de jogo, o Leão conseguiu perder do lanterna Atlético-GO, no Olímpico de Goiânia. O frágil adversário, que não vencia há sete partidas no campeonato, encontrou uma equipe ainda mais debilitada e aplicou 2 a 0 sem grandes traumas. Agora há nove sem ganhar na temporada, o time pernambucano perdura o sua maior seca de vitórias em 2017, continua sem vencer sob o comando de Daniel Paulista e fica a três pontos para sair do Z4 a quatro rodadas do fim do Brasileiro. A depender da postura apática deste domingo, a degola será inevitável.  

A nova zaga do Sport, formada por Ronaldo Alves e pelo estreante Neris devido a suspensão dos titulares Durval e Henriquez, pouco teve trabalho no começo do jogo. Limitado, o Atlético-GO não encontrava forças para atacar. Mesmo em casa, se restringia ao campo defensivo. O Leão não fazia a sua parte, porém. Parecia satisfeito com o empate nada promissor para um time que se afoga no Z4. 

Ainda que tivesse a maior posse de bola, o Sport era passivo, desorganizado e falho na troca de passes. Finalizou perigosamente só aos três minutos, quando Patrick arriscou um chute à distância. A capacidade ofensiva do Sport foi tolhida a partir do momento que o interino Daniel Paulista escalou três volantes devido a mais uma ausência de Diego Souza, a serviço da seleção brasileira. Anselmo voltou de suspensão no lugar de Wesley - que, embora contestado, seria mais perito para a articulação.

Osvaldo e Rogério nada faziam também lá na frente. André se sacrificava sozinho. O preço pela inoperância ofensiva foi alto. Aos 42, Patrick tocou errado para trás, e a bola sobrou para Diego Rosa abrir o placar para os goianos. Os rubro-negros pernambucanos seguiram sem reagir no fim da etapa inicial. 

Segundo tempo

O Sport do intervalo com o meia Marquinhos no lugar do volante Anselmo. Agora com uma armador, a ideia era uma equipe mais criativa no meio-campo. Com cinco minutos do segundo tempo, ele obrigava Klever a evitar o empate quando recebeu livre na área. Um lance fortuito, visto que o Leão não melhorou absolutamente nada. 

Daniel Paulista acionou Lenis no decorrer da etapa final e “queimou” a sua última alteração para mexer na defesa quando colocou o zagueiro Igor no posto de Neris, com dores musculares ao voltar a atuar após seis meses parado. Sem força para O Sport e ainda sofreu mais um gol. Aos 30, Diego Rosa recebeu sozinho, driblou Magrão, fez mais um e decretou a derrota: 2 a 0. 

Ficha do jogo 

Atlético-GO 2

Klever; Marcão Silva, William Alves, Gilvan (Eduardo Bauermann) e Breno Lopes; Ronaldo, André Castro, Igor, Andrigo (Jefferson Nem) e Jorginho (Silva); Diego Rosa. Técnico: João Paulo Sanches.

Sport 0

Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Neris (Igor) e Sander; Anselmo, Patrick e Rithely; Osvaldo, Rogério (Lenis) e André. Técnico: Daniel Paulista (interino). 

Estádio: Olímpico Pedro Ludovico (Goiânia-GO). Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP). Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Miguel Caetano Ribeiro da Costa (SP). Cartões amarelos: Neris, Samuel Xavier, Osvaldo (Sport) Gols: Diego Rosa (41’ do 1T, Atlético-GO). Público:1.107. Renda: R$ 7.110,00.
 
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker