Página inicial
 
Mural de recados
21.11 | MARCOS LEITE
AOS POUCOS O CENTRAL TÁ ARRUMANDO A CASA, MONTANDO O TIME, VAMOS APOIAR ESSA FES ...
21.11 | VICTOR HUGO
GALERA VAMOS NO EVENTO DO CENTRAL, FIÉIS CENTRALINOS VÃO LÁ NA FEIJOADA, VAMOS N ...
21.11 | Patativa
Esse Pierre poderia ir morar em salgueiro,só fala desse time do sertão, então ca ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
22/10/2017
19h08 | esportes - Série A
SÉRIE A - Atlético/PR 2x1 Sport
Em jogo pobre, Leão saiu atrás, chegou ao empate em pênalti cobrado por Diego Souza, mas foi derrotado após Gedoz converter nova penalidade
O Sport começa a viver um novo “jejum” de vitórias na Série A. Depois de ter interrompido uma sequência negativa de nove jogos há três rodadas, o Leão chegou neste domingo à terceira partida seguida sem ganhar. Depois de empatar em casa contra Atlético-MG e Santos, o time pernambucano perdeu de 2 a 1 do Atlético-PR, na Arena da Baixada.  A equipe do treinador Vanderlei Luxemburgo não consegue engrenar no campeonato e se mantém assombrado pela queda.

Foram três mudanças na escalação Sport. Na lateral direita, Samuel Xavier no lugar do machucado Raul Prata. Após suspensão, Mena e Anselmo ocuparam os respectivos lugares de Sander e Wesley (também com incômodos musculares). Nessa formação, o Leão até iniciou o duelo a fim de jogo. Bastaram três minutos para tramar a primeira jogada, em que Diego Souza - reconvocado à seleção brasileira - finalizou de primeira e fez a bola passar rente à trave de Weverton. Mas o Atlético-PR logo passou a ter um maior controle da partida, enquanto os pernambucanos não se cansavam de errar passes.
 
Mas, apesar da maior posse de bola, o Furacão não criou oportunidades claras no primeiro tempo. O melhor que fez foi  aos dez minutos, quando Magrão precisou fazer uma defesa difícil no seu canto esquerdo para poder impedir um gol de cabeça de Douglas Coutinho. O resto da etapa inicial foi de um confronto mais marcado pela vontade e correria do que pelo refinamento técnico dos times.
 

OsNão houve uma melhora na qualidade no jogo depois do intervalo. A insistência das equipes na ligação direta deixava a partida ainda mais enfadonha. Sem conseguirem realizar triangulações ofensivas, as oportunidades de gol pareciam que iam ficar ainda mais escassas. Só que aos 15 minutos Lucho González abriu o placar ao receber de Ribamar e chutar de primeira de fora da área, sem chances para Magrão: 1 a 0. A defesa leonina deu muito espaço para que a jogada acontecess
Os 
 mandantes chegaram a crescer após o gol, e Luxemburgo resolveu colocar o seu time para cima. Tirou o volante Anselmo e pôs o atacante Rogério. A alteração deu certo. Logo em seguida, ele sofreu pênalti, convertido por Diego Souza, aos 24. A partir de então, o duelo ficou mais aberto, mas não mais técnico. O cabeça de área Rodrigo entrou no lugar do centroavante André, porém o Sport não impediu a reação dos paranaenses. Rithely cometeu pênalti em Gedoz. Ele mesmo converteu, aos 42. Magrão ainda evitou gol de Ribamar no fim. 

Ficha do Jogo 
 
Atlético-PR 2
Weverton; José Ivaldo, Wanderson, Thiago Heleno e Fabrício; Esteban Pavez, Lucho González (Rossetto); Nikão (Sidcley), Guilherme e Douglas Coutinho (Gedoz); Ribamar. Técnico: Fabiano Soares

Sport 1
Magrão; Samuel Xavier, Henriquez, Durval e Mena; Anselmo (Rogério), Rithely, Osvaldo (Juninho), Patrick e Diego Souza; André (Rodrigo). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
 
Estádio: Arena da Baixada (Curitiba-PR). 
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP). 
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP). 
Cartões amarelos: Samuel Xavier, Henriquez (Sport).
Gols: Lucho González (15’ do 2T, Atlético-PR), Diego Souza (24’ do 2T, Sport

Do Super Esportes
 
 
 
eXTReMe Tracker