Página inicial
 
Mural de recados
21.11 | MARCOS LEITE
AOS POUCOS O CENTRAL TÁ ARRUMANDO A CASA, MONTANDO O TIME, VAMOS APOIAR ESSA FES ...
21.11 | VICTOR HUGO
GALERA VAMOS NO EVENTO DO CENTRAL, FIÉIS CENTRALINOS VÃO LÁ NA FEIJOADA, VAMOS N ...
21.11 | Patativa
Esse Pierre poderia ir morar em salgueiro,só fala desse time do sertão, então ca ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
16/10/2017
10h46 | esportes - Série A
SÉRIE A - Sport 1x1 Atlético/MG - Rubro-negro segue fora da zona de rebaixamento
O Sport não deu sequência à reação na Série A. Neste domingo, na Ilha do Retiro, o Leão fez uma partida equilibrada contra o Atlético-MG e ficou no 1 a 1. Diante de um bom público, empolgado pela vitória na rodada passada, o time do técnico Vanderlei Luxemburgo chegou a mostrar organização e abriu o placar. Mas oscilou, permitiu o empate do adversário, não aproveitou as chances que teve para voltar a ficar em vantagem e muitas vezes teve sorte para não levar a virada. O resultado, ao menos, deixa o Rubro-negro ainda fora do Z4.

Luxemburgo utilizou a mesma estrutura tática do 2 a 1 sobre o Vitória, com Patrick como ponta, mas cumprindo à risca suas obrigações defensivas. Desta vez, porém, o contestado Wesley não foi escalado. Sob a alegação de um desgaste físico, não figurou nem no banco de reservas e deixou a cabeça de área a cargo de Anselmo e Rithely. Denunciado pela ex-noiva na Delegacia da Mulher há uma semana e liberado só mediante ao pagamento de fiança, já Juninho foi “premiado” com a titularidade no lugar do suspenso de André.

Bem postado e aplicado taticamente no início da partida, o Rubro-negro logo se aproveitou da primeira grave falha do Galo. Após Elias sair jogando errado, ainda aos nove minutos, Diego Souza pegou a retaguarda adversária desprevenida e teve excelente visão para achar o participativo Patrick na esquerda. Na sua nova função, o volante matou no peito e chutou de primeira para o fundo das redes. 

O Atlético-MG teve boas chances com Valdívia e Elias (essa Magrão fez quase um milagre), e o Sport também não deixa de encontrar espaço para atacar. Juninho teve como ampliar. antes de Galo começar a ganhar campo, principalmente na individualidade de Otero. Após o Leão repetir o pecado do time mineiro na saída de bola, o venezuelano encontrou Fred na grande área, aos 37: 1 a 1 e o fim da “seca” do camisa 9, que perdurava 12 jogos. 
Fotos: Sport 1 x 1 Atlético-MG
 
 Segundo tempo
A pontaria que sobrou em Fred faltou em Juninho. Jogador que mais finalizava na partida, o atacante rubro-negro teve a melhor oportunidade do Leão no segundo tempo. Logo depois, Adilson desperdiçou chance igualmente clara para o Galo. O jogo estava aberto, e a equipe mineira jogava fora bons contra-ataques. Luxemburgo tirou Juninho e Osvaldo, colocando Thomás e Rogério. Assim, Diego Souza virou centroavante. Nada que mudasse o panorama do duelo. Cazares poderia ter virado o placar.

Ficha do jogo

Sport 1
Magrão; Raul Prata, Henríquez, Ronaldo Alves e Mena; Anselmo, Rithely (Lenis), Patrick, Osvaldo (Rogério) e Diego Souza; Juninho (Thomás). Técnico: Vanderlei Luxemburgo. 

Atlético-MG 1
Victor; Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Adilson (Roger Bernardo), Elias, Cazares (Yago), Valdívia (Clayton) e Otero; Fred. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Estádio: Ilha do Retiro (Recife-PE). Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP). Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP). Cartões amarelos: Mena, Anselmo (Sport); Adilson, Fred (Atlético-MG). Gols: Patrick (9’ do 1T, Sport), Fred (37’ do 2T, Atlético-MG). Público: 20.276. Renda: R$ 315.116,00.
 
DO SUPER ESPORTES PE 
 
FOTO: Rafael Martins 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker