Página inicial
 
Mural de recados
17.11 | VICTOR HUGO
TA DECRETADA A QUEDA DO SPORT KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Q BELEZA KKKKKKKKKKKKKKKKKK ...
13.11 | CLEO
É VERDADE MARCOS LEITE O TRIO DE FERRO DA CAPITAL FOI UMA VERGONHA ESSE ANO. ...
13.11 | Pierre Santos
Aí é onde mora o perigo caro Aldery, a federação vai ficar mais compromissada ai ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
27/07/2017
21h38 | esportes - Copa SUL-AMERICANA
SUL-AMERICANA - Arsenal/ARG 2x1 Sport - Mesmo com derrota, Rubro Negro está nas oitavas da competição
O Sport está nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Segue sem vencer no exterior na competição e conseguiu a classificação só no fim do jogo desta quinta-feira, na Argentina. Falho no sistema defensivo, o Leão perdeu do Arsenal de Sarandí por 2 a 1. Graças ao 2 a 0 aplicado no adversário na partida de ida, na Ilha do Retiro, avançou na Sula. O confronto da próxima etapa do torneio será contra um time do Brasil, a Ponte Preta.

O primeiro tempo em Sarandí caminhava para o empate até poucos minutos antes do intervalo. Com vantagem no placar agregado, o Sport só administrava o jogo, desinteressado em ampliá-la. De volta após lesão, Magrão via o Arsenal com quase o dobro de posse de bola, porém apelando a chutes à distância. Apenas um com maior perigo. Sozinho, Monteserín até poderia ter vazado o camisa 1 se não desse uma cabeçada bizarra e o árbitro - equivocadamente - não tivesse marcado impedimento no lance.

Mas um descuido geral da defesa rubro-negra no término da etapa inicial levou o Arsenal ao gol. Samuel Xavier não deu combate, Rithely escorregou, e a bola sobrou na grande área para Brunetta: 1 a 0, aos 43. Antes, o Rubro-negro havia assustado Santillo duas vezes. Lenis não fugiu à sua característica: fez tudo certo em jogada diagonal e finalizou de forma grotesca. Logo depois disso, Everton Felipe tinha cobrado uma falta relativamente perigosa. 

Segundo tempo

 

Um gol do Sport obrigaria o Arsenal a fazer mais três. Só que o segundo tempo começou controlado pela equipe de Sarandí. A defesa pernambucana voltou a se abrir. Voltou a comprometer. Aos 19 minutos, Magrão salvou chute de Fragapane. Durval cortou errado nos pés do atacante, que cruzou para Contreras: 2 a 0. 

Ofensivamente, apesar da marcação frouxa dos argentinos, os leoninos não conseguiam criar com a eficácia necessária. Teve um ligeiro crescimento. Diego Souza quase empata. Ninguém aproveitou o rebote da defesa do goleiro. O Leão resolveu se atirar ao ataque.

Depois de ter um gol anulado por impedimento, André não perdoou na segunda tentativa. Aos 37, Diego Souza usou a força para construir a jogada e deu assistência para o atacante fazer o gol da classificação, aos 37. Desde 2009, quando jogou a Copa Libertadores, o Sport não balançava as redes no exterior. Rogério perdeu duas chances para o Leão empatar. O Arsenal também teve outro par de oportunidades claríssimas para reagir até o apito final. 

Arsenal de Sarandí-ARG
Santillo; Velázquez (Bella), Curado, Monteseirín, Corvalán; Ferreyra, Papa, Rolón (Contreras) e Milo (Fragapane); Wilchez e Brunetta. Técnico: Humberto Grondona.

Sport
Magrão; Samuel Xavier (Raul Prata), Henríquez, Durval e Mena; Rithely, Patrick, Everton Felipe (Thomás), Lenis (Rogério) e Diego Souza; André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Estádio: Julio Grondona (Sarandí, Argentina). Horário: 19h15. Árbitro: Jesús Noel Valenzuela (Venezuela).Assistentes: Carlos López e Franchescoly Chacón (ambos da Venezuela). Gols: Brunetta (Arsenal, 43’ do 1T) Contreras (Arsenal, 19’ do 2T) e André (Sport, 37’ do 2T). Cartões amarelos: Curado, Velázquez, Wílchez, Contreras, Papa (Arsenal); Samuel Xavier (Sport).

 


Do Super Esportes
 
 
 
eXTReMe Tracker