Página inicial
 
Mural de recados
22.11 | CLEO
VERDADE MARCONDES ESSA É A HORA DA MASSA ALVINEGRA AJUDAR O CENTRALZÃO. ...
22.11 | MARCONDES
TODOS UNIDOS PELO CENTRAL, IMPRENSA, DIRETORIA E TORCIDA SÓ ASSIM O CENTRAL VAI ...
22.11 | paulo
ESSE BABACA DA PATATIVA DEVE SER TORCEDOR DO SPORTE RECIFE ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/07/2017
21h55 | esportes - Série A
SÉRIE A - Coritiba 0x3 Sport - Leão completou cinco jogos sem sofrer gols no ano, seis invicto na temporada e três vitórias seguidas no Brasileirão

Sport está na zona de classificação para a Copa Libertadores da América, incessante objetivo do clube em 2017. Nesta segunda-feira, pelo complemento da 12ª rodada da Série A, o Leão venceu o Coritiba por 3 a 0, no Couto Pereira, e se alçou à sexta colocação. Para além da entrada no G6 e também do fato de não sofrer gols por cinco partidas consecutivas, o Rubro-negro - nesta noite confirma uma excelente fase na temporada sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo: são seis jogos sem perder no ano e três vitórias consecutivas no Brasileirão.  

 


A partida começou eletrizante. Ambos os times buscavam o ataque. O Rubro-negro era notadamente melhor, entretanto. Organizado em sua linha de frente, criava mais oportunidades, jogava leve. André, Rithely e Everton Felipe poderiam ter aberto o placar. Esbarraram nas grandes defesas do goleiro do Coxa. Wilson não teve chances de evitar o gol de Mena, aos 17 minutos. A retaguarda paranense parou depois de levantamento de Patrick na grande área, e um desvio de Ronaldo Alves terminou nos pés do chileno: 1 a 0.

Apesar da ausência de Diego Souza, o esquema do Sport fluia. Após jogar as últimas partidas como ponta, Everton Felipe foi deslocado para o meio, antes ocupado por DS87. Seguiu rendendo em alto nível, desta vez em sua 100ª partida pelo clube. Como ponta, função que cumpriu no segundo tempo contra o Arsenal-ARG, pela Sul-Americana o lateral Mena se tornou uma das principais opções ofensivas da equipe, na esquerda. 

O Coxa tentou engrossar o jogo quando sofreu o gol do Sport. Terminou a etapa inicial com mais posse de bola que o time pernambucano. Mas, novamente robusta, a defesa leonina continuou sem saber o que é ser vazada. Ao contrário do primeiro tempo, o segundo iniciou bem mais frio. O Coritiba mantinha uma transição lenta no meio-campo, o que facilitava a marcação rubro-negra. Por sua vez, os visitantes adotaram uma postura mais precavida, ainda assim capaz de levar por vezes algum perigo à meta de Wilson.

Nos 20 minutos finais, o Coxa se apressou pelo empate. Ronaldo Alves chegou a salvar um gol certo de William Matheus. Deu um bote oportuno na hora da finalização. Ainda mais providencial foi Magrão. Operou um “milagre” ao defender chute à queima-roupa de Henrique na pequena área. Luxemburgo fechou o time com mais um volante - Thallyson. Ainda assim, o Sport ampliou. Rogério, outro que acabara de entrar, recebeu cruzamento do eficiente Mena e fez o segundo do Leão, aos 39, pondo fim a uma seca de 19 partidas sem balançar as redes. Conta-ataque fatal. Após cruzamento de Samuel Xavier nos acréscimos, Walison Maia fez gol contra: 3 a 0. William Matheus ainda foi expulso depois.

Coritiba
Wilson; Rodrigo Ramos, Márcio, Walison Maia e William Matheus; Matheus Galdezani (Edinho), Anderson (Alecsandro), Henrique. Almeida, Tiago Real (Tomas Bastos) e Rildo; Kleber. Técnico: Pachequinho. 

Sport 
Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Henríquez e Sander; Patrick (Rodrigo), Rithely, Everton Felipe (Thallyson), Mena e Osvaldo (Rogério); André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Estádio: Couto Pereira (Curitiba-PR). Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (BA). Assistentes:Alessandro Matos da Rocha (Fifa-BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA). Cartões amarelos: Edinho, Alecsandro (Coritiba); Everton Felipe, Mena (Sport). Cartão vermelho: William Matheus (Coritiba). Gols: Mena (17’ do 1T, Sport) e Rogério (39’ do 2T, Sport). Público: 14.084 presentes. Renda: R$ 216.740,00
 
DO SUPERESPORTES PE 

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker