Página inicial
 
Mural de recados
23.07 | Centralino
Tô vendo uma coisa boa nesta reforma trabalhista. As ações contra o Central tend ...
22.07 | VICTOR HUGO
COLOCAR LED NO ESTÁDIO OLINDÃO EM OLINDA E AFOGADOS DA INGAZEIRA, ESSA PROPOSTA ...
22.07 | Franco
Gostei Marcos Leite, Já está na hora de Caruaru ter um clube que honre a cidade, ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/07/2017
18h12 | esportes - COPA SUL-AMERICANA
COPA SUL-AMERICANA - Sport 2x0 Arsenal-ARG - Leão abriu uma vantagem bem razoável para o duelo de volta

  Sport abriu uma vantagem bem razoável para o duelo de volta da Copa Sul-Americana. Com gols do atacante André, o Rubro-negro bateu o Arsenal de Sarandí-ARG por 2 a 0 nesta quinta-feira, na Ilha do Retiro. Desfalcado na área técnica do treinador Vanderlei Luxemburgo, suspenso, o  Leão teve mais volume de jogo que o adversário, mas só aproveitou o domínio no segundo tempo, quando conseguiu balançar as redes. As equipes voltam a se enfrentar no próximo dia 27, na Argentina. 

O Sport praticamente engoliu o Arsenal no primeiro tempo. Manteve 70% de posse de bola. Tramava tabelas, triangulava e propunha o jogo, embora fosse muitas vezes dificultado pelo estado do próprio gramado, muito castigado pelas chuvas (o meio-campo era quase um areal). Ainda assim, com pouco mais de um terço decorrido na etapa inicial, o Leão já havia finalizado três vezes.

A melhor chance leonina aconteceu mesmo só aos 37 minutos. Rithely obrigou Santillo a fazer uma defesa notável. Em seguida, o goleiro voltou a salvar o Arsenal após chute à distância de André. Movido por um Everton Felipe inspirado, o Rubro-negro maturava seu gol, enquanto o limitado time argentino apenas se defendia e apelava para faltas duras. Os pernambucanos careciam somente de mais precisão nos arremates.

Os gols e a vitória

 

À beira do campo sob o comando do auxiliar de Luxa, Júnior Lopes, o Sport retornou do intervalo ainda na incessante busca pelo primeiro gol no confronto. Mal na partida, Rogério até tentou cavar um pênalti. Mas o Leão abriu o placar na legalidade. E de maneira nada trabalhada. Aos nove, um chutão para a área argentina caiu nos pés de Samuel Xavier, que serviu André: 1 a 0. 

Tudo o que o Arsenal não fez em todo o jogo acabou fazendo imediatamente depois de ter sofrido o gol. Magrão evitou o gol adversário, de Fragapane, com a ponta dos dedos. A equipe da Grande Buenos Aires começou a se arriscar mais. Apresentou uma ligeira melhora ofensiva e deu alguns sustos aos mandantes. 

Com oponente mais aberto, o Sport teve a inteligência suficiente para explorar os espaços abertos e ampliar a vantagem no placar. De longe, Luxa leu bem o jogo. Reforçou seu lado esquerdo com Mena. Agora sim num lance bem tramado, o chileno que havia acabado de entrar, colocou a bola na cabeça de André dentro da área, aos 27. O atacante não perdoou: 2 a 0. O Arsenal ainda diminuiu, porém o gol não valeu. Exatamente igual à final do Estadual, contra o Salgueiro, a bola teria saído depois de escanteio. No fim, o Arse até tentou diminuir por meio de bolas paradas. 

Sport
Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Sander;  Patrick (Rodrigo), Rithely, Everton Felipe, Rogério (Mena) e Diego Souza; André (Thallyson). Técnico: Júnior Lopes (interino).

Arsenal-ARG
Santillo; Velázquez (Contreras), Monteseirín e Marcos Curado; Corvalán, Milo, Germán Ferreyra, Rolón (Fragapane) e Papa (Imbert); Brunetta e Lucas Wílchez. Técnico: Humberto Grondona.

Estádio: Ilha do Retiro (Recife-PE). Árbitro: Gery Vargas (Bolívia). Assistentes: Jorge Baldiviezo e Roger Orellana (ambos da Bolívia).Cartões amarelos: Velázquez, Corvalán, Milo, Curado e Ferreyra (Arsenal); Mena (Sport).Gols: André (9’ e 27’ do 2T, Sport).  Público:7.694. Renda: R$ 174.755,00

 

 

DO SUPER ESPORTES PE 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker