Página inicial
 
Mural de recados
24.11 | Kaio
Tbm tem q trazer o Naldinho e Caça Rato e trazer um zagueiro experiente ...
22.11 | CLEO
VERDADE MARCONDES ESSA É A HORA DA MASSA ALVINEGRA AJUDAR O CENTRALZÃO. ...
22.11 | MARCONDES
TODOS UNIDOS PELO CENTRAL, IMPRENSA, DIRETORIA E TORCIDA SÓ ASSIM O CENTRAL VAI ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
03/04/2017
05h15 | esportes - SPORT
SPORT - Ney Franco elogia postura do time, convoca torcida e revela detalhes da classificação
Ao entrar na sala de entrevistas da Ilha do Retiro, o técnico Ney Franco não escondeu o sorriso no rosto. A classificação suada à semifinal contra o Campinense, após vencer na decisão por pênaltis, deixou o técnico satisfeito ao ponto de se empolgar com a torcida e já pedir que ela compareça na próxima quinta-feira do mesmo modo.

"Estou muito satisfeito. O torcedor veio e correspondeu. Em momento nenhum, mesmo quando tomamos o gol, ele não se manifestou ao contrário. Se a gente jogar todas as competições assim em casa, e já vou lembrar que quinta-feira temos uma competição sul-americana em casa. Se o torcedor fizer isso tenho certeza que iremos criar um caldeirão. Quero aproveitar o espaço para convocá-lo", afirmou.

Voltando a falar da partida contra o Campinense, Ney lembrou que o ocorrido em campo foi reflexo da primeira partida em Campina Grande. "Passamos um sufoco por conta do primeiro jogo. Nossa equipe tem potencial para jogar muito mais do que naquela partida. Hoje, jogamos muito bem. Até o 2 a 0, éramos senhores do jogo. Dominamos o meio de campo e criamos corredores nas laterais. Nossa defesa tinha jogado muito exposta", lembrou.

Pressão após derrota na ida

Os dois dias seguintes, segundo o treinador, foram de muita pressão. Ver os rivais se classificando terminou sendo uma motivação a mais para a equipe e, segundo o treinador, ficar fora da semifinal não era uma opção. "Passamos dois dias muito pressionados. Não passava por nossa cabeça ficar fora da competição. Ainda mais depois de ver Santa Cruz classificado, Vitória classificado."

Apesar da pressão, Ney teve calma para começar a pensar nas possibilidades que encontraria em campo. Sabia que uma decisão nos pênaltis era algo que poderia acontecer e se preparou como pôde. "A gente precisava treinar (pênaltis) até para saber quem seriam os batedores. Achei legal que vários atletas vieram me procurar para bater. Achei isso muito interessante. Na fala (antes dos pênaltis), eu elogiei a postura dos atletas no campo. Batalharam a todo o momento. Apenas pedi para que concentrassem antes da cobrança. Aí apareceu a qualidade da nossa equipe e do Magrão. Os quatro batedores cobraram muito bem e o Magrão fez a parte dele. Por isso, estamos falando como uma equipe que passou à semifinal."

Com a classificação conquistada, Ney Franco terá muito tempo e muitos jogos até a semifinal contra o Santa Cruz, já que as partidas só serão disputadas no próximo dia 23 e 26 de abril. Mesmo assim, o treinador já vislumbrou a dificuldade que encontrará pela frente. "Posso dizer que vai ser mais um jogo difícil. Um clássico não tem favoritismo. Temos que fazer tudo para vencer, porque ser eliminado em clássico é muito ruim Se fosse contra uma equipe menor já seria ruim. vamos nos preparar para fazer uma partida no mesmo nível dessa".
 
DO SUPER ESPORTES PE

.
 
 
 
eXTReMe Tracker