Página inicial
 
Mural de recados
25.06 | jonathas silva Beringuel
Lamentavel mais um ano perdido pro central. mais um ano de sofrimento pra torcid ...
25.06 | Davi
A ultima vez q fui ao Lacerdão foi na eliminação da serie D de 2009 naquele dia ...
25.06 | Ze ligado
Se espantar com o que??? Foi o central sendo o central simplesmente isso. Já per ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
22/12/2016
18h16 | esportes - SPORT
SPORT - Conversa com Adilson Batista agrada, mas clube tem lista com outros técnicos

DO GLOBOESPORTE.COM/PE

A vinda do técnico Adilson Batista para o Recife, nesta quinta-feira, para conversar com a diretoria de futebol do Sport, não confirma a contração dele para ser o treinador em 2017. Isso é o que garante o futuro vice-presidente do clube, Gustavo Dubeux, que liderou a reunião com o profissional e os demais dirigentes entre a manhã e o início da tarde de hoje. Participaram do papo o presidente eleito Arnaldo Barros e os diretores Guilherme Beltrão, Aluísio Maluf e Augusto Carreras, além do diretor jurídico Rodrigo Barros.

De acordo com Dubeux, o Sport negocia com outros dois nomes e trabalha com a possibilidade de ter Daniel Paulista como treinador para 2017.

- Trouxemos Adilson aqui para conversar e para que as outras pessoas conhecessem ele. Eu já o conhecia da outra passagem por aqui. Adilson é um dos nomes. A conversa foi positiva, mas temos outras duas opções e tem Daniel Paulista. A conversa foi boa, assim como as outras que tivemos também foi. - disse Dubeux.

Questionado sobre a rejeição da torcida, que se manifestou contra a contratação de Adilson Batista nas redes sociais, assim que o GloboEsporte.com divulgou que o treinador estava no Recife, o dirigente garantiu que a diretoria não vai levar críticas em consideração.

 - Não podemos nos pautar por isso e levar em consideração essa rejeição.

O presidente eleito do clube, Arnaldo Barros, também conversou com a reportagem  e deu a sua opinião sobre o que aconteceu nesta quinta-feira.

- Foi uma conversa que nem estava programada. Teríamos uma reunião só nossa de planejamento, mas decidimos conversar com Adilson Batista. Ele se mostrou muito motivado, falou que quer retomar a carreira, mas não quer em qualquer clube. Teve uma história interrompida com o Sport e quer retomar aquilo.

Adilson Batista (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)Adilson Batista já deixou o Recife e voltou para Curitiba (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)
 
O treinador teve uma passagem pela Ilha do Retiro, em 2005. O último trabalho de Adilson Batista foi no Joinville, em 2015. Foi demitido em julho daquele ano, depois da décima derrota da equipe na Série A. Ele havia assumido o cargo há cerca de um mês e meio e não tirou o time da zona de rebaixamento e da lanterna da competição. Foram 10 confrontos sob seu comando. Duas vitórias, dois empates e seis derrotas, finalizando o trabalho com 26,6% de aproveitamento dos pontos disputados.

Adilson Batista comandou clubes como Cruzeiro, Santos, São Paulo, Vasco e Corinthians. Neste último, foi protagonista como zagueiro no título do mundial de clubes, conquistado pelo Timão, em 2000. Como treinador, acumula taças dos estaduais com o América-RN (2002), Figueirense (2006), e Cruzeiro (2008 e 2009).

.
 
 
 
eXTReMe Tracker