Página inicial
 
Mural de recados
25.06 | Kaio SGD
Tás assistindo os jogo. Dizer q ele jogou até agora pelo amor de Deus ...
25.06 | Adalgisio
Kaio SDG ou você não assistiu nenhum jogo ou não entende de futebol pra dizer qu ...
24.06 |
Soube que a procura de ingressos foi fraca... Que torcida fraca essa do central ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
17/06/2016
18h56 | esportes - SPORT
Sport chega a R$ 10 milhões em compras de direitos de atletas no ano
SPORT
A diretoria do Sport deve anunciar oficialmente ainda nesta sexta-feira o acerto com o atacante Rogério, contratado junto ao São Paulo. Para isso, os rubro-negros tiveram que adquirir 25% dos direitos econômicos do atleta. Oficialmente, os valores da negociação não foram revelados, mas, de acordo com informações já vazadas, os leoninos teriam desembolsado R$ 2,5 milhões na transação para ter o jogador por um ano. O São Paulo, por sua vez, antes de repassar o percentual aos pernambucanos, havia comprado 100% do jogador por R$ 1,69 milhão e estendido o contrato até 2019, lucrando assim, de cara, R$ 800 mil. Com a contratação de Rogério, o Sport já chega esse ano a um gasto especulado de aproximadamente R$ 10,2 milhões apenas em compra de direitos econômicos de atletas.

A política dos cofres abertos na Ilha do Retiro começou já no início da temporada, quando a diretoria do Sport investiu R$ 3,160 milhões para adquirir 50% dos direitos econômicos do meia-atacante Reinaldo Lenis junto ao Argentino Juniors, na maior negociação da história envolvendo um clube pernambucano. Atualmente na reserva, o jogador disputou 26 partidas na temporada, com cinco gols marcados. O contrato de Lenis com o Leão vai até 2020. 

Já em março, os rubro-negros tiveram que voltar a colocar a mão na carteira para repatriar o meia Diego Souza. Insatisfeito no Fluminense, o DS87 abriu chegou a aceitar reduzir seu salário para retornar ao Sport. Já o clube carioca não foi tão condescendente assim. Na negociação, o Fluminense repassou 50% dos direitos do meia por R$ 2,4 milhões, dividido em duas vezes. A primeira (R$ 1,2 milhões) será quitada ainda este ano, enquanto a outra poderá ser descontada de uma eventual venda a ser feita pelos pernambucanos. Caso não ocorra, o Leão terá de quitar a pendência com o Flu até o final do contrato de Diego Souza, que assinou até 2017.

As outras duas compras feitas pelo Sport foram mais "modestas". Nesta quinta-feira, o clube acertou com o rival Náutico a contratação do zagueiro Ronaldo Alves por R$ 1,1 milhão. Tudo isso para poder contar com o defensor de imediato. Isso porque, como o jogador tinha contrato com o Timbu apenas até dezembro, estaria livre para assinar um pré-contrato com qualquer clube dentro de 15 dias. Porém, só poderia atuar pelo novo time em 2017. No Sport, Ronaldo Alves ganhará o dobro do salário que recebia no Náutico.

Por fim, no final de maio, o Sport também pagou pouco mais de R$ 1 milhão para adquirir 50% dos direitos do goleiro Agenor junto ao Joinville, com opção de compra de mais 30% ao final de 2017. O arqueiro, atualmente na reserva do ídolo Magrão, assinou contrato de três anos com o rubro-negro pernambucano.

A diretoria do Sport não se pronuncia oficialmente sobre nenhum valor. A reportagem também não considerou os valores pagos com "luvas" e outros benefícios pagos a clubes, empresários ou atletas.

Outro lado
No entanto, na atual temporada, o Sport também faturou com o repasse de alguns atletas. O caso mais emblemático foi o do goleio Danilo Fernandes, negociado com o Internacional. O jogador tinha contrato com o Leão até o final do ano e foi liberado por R$ 1,5 milhão. Além disso, o meia Régis, que teve 50% dos seus direitos comprados em 2014 por R$ 2,5 milhões, foi emprestado ao Bahia, por dois anos, por R$ 1,5 milhão. Antes, o jogador já havia sido repassado ao Palmeiras em negociação igual. Os valores, porém, não foram divulgados.

As compras do Sport*
R$ 3.160.000 – Lenis, meia-atacante (Argentinos Juniors), 50% dos direitos
R$ 2.500.000 – Rogério, atacante (São Paulo), 25%
R$ 2.500.000 – Diego Souza, meia (Fluminense), 50%
R$ 1.100.000 – Ronaldo Alves, zagueiro (Náutico), 100%
R$ 1.000.000 – Agenor, goleiro (Joinville), 50%
Total 10.260.000
*valores não confirmados oficialmente
 
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker