Página inicial
 
Mural de recados
27.04 | Givaldo
Esse tal de Patativa devia mudar o nome para Urubu, esse desgraçado só faz corta ...
27.04 | Patativa
Meu Deus isso foi mostrado e um gramado ou um chiqueiro ...
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
01/04/2016
15h49 | esportes - SPORT
SPORT > Contrato longo, multa milionária e status de ídolo: volante Rithely completa 250 jogos pelo Rubro Negro
E eis que o volante Rithely chega aos 250 jogos com a camisa do Sport. Cinco anos após chegar como um desconhecido, vindo do Goiás. De despertar a ira da torcida com apresentações oscilantes no início pelo Leão. Até, pouco a pouco, ir calando os críticos e, hoje, ser um dos ídolos rubro-negros. Aos 24 anos, o atleta alcança a expressiva marca diante do CRB, no jogo válido pelas quartas de final da Copa do nordeste, sábado, na Ilha do Retiro.

"Estou muito feliz em conseguir mais essa marca em um clube tão grande como o Sport. Me sinto em casa aqui e pra mim é um prazer fazer parte deste clube. Espero ver a Ilha lotada no sábado. Vai ser um jogo difícil e precisamos do apoio do nosso torcedor", afirmou o camisa 21, em entrevista ao site oficial rubro-negro.

Rithely chegou ao Sport em 2011. Ainda garoto, com 20 anos, era um desconhecido da torcida rubro-negra. Não do treinador Hélio dos Anjos - então comandante do Leão da Ilha. Com conhecimento do volante, cria da base do Goiás, o técnico o indicou para o clube a um custo que se tornou irrisório diante do futebol que o volante tem apresentado. 

Por R$ 250 mil, o atleta assinou contrato com o Rubro-negro - que adquiriu 50% dos direitos econômicos e 100% dos federativos. Do começo duro, marcado por vaias e muitos erros de passe, o atleta evoluiu e se transformou em uma das referências do time. 

Após assédio de Palmeiras, Fluminense e de um clube chinês, o Leão estendeu o contrato com o atleta ainda mais, dessa vez até 2019. Estima-se uma multa milionária - algo em torno de R$ 25 milhões para tirá-lo do clube. O atleta tem 22 gol com a camisa rubro-negra.
 
DO SUPER ESPORTES PE 
 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker