Página inicial
 
Mural de recados
22.11 | CLEO
VERDADE MARCONDES ESSA É A HORA DA MASSA ALVINEGRA AJUDAR O CENTRALZÃO. ...
22.11 | MARCONDES
TODOS UNIDOS PELO CENTRAL, IMPRENSA, DIRETORIA E TORCIDA SÓ ASSIM O CENTRAL VAI ...
22.11 | paulo
ESSE BABACA DA PATATIVA DEVE SER TORCEDOR DO SPORTE RECIFE ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
30/03/2016
10h00 | esportes - COPA DO NORDESTE
COPA DO NORDESTE > CRB 2x1 Sport
 Foto: Itaui Albuquerque/Estadão Conteúdo

Leão perdeu para o CRB por 2×1. Foto: Itawi Albuquerque/Estadão Conteúdo

 
Em mais uma partida com atuações distintas nos dois tempos, o Sport acabou derrotado pelo CRB por 2 a 1, nesta quarta-feira, no estádio Rei Pelé, largando em desvantagem nas quartas de final da Copa do Nordeste. O resultado obriga o Leão a buscar uma vitória no jogo de volta, sábado, na Ilha do Retiro. Como fez um gol fora de casa, um triunfo por 1 a 0 serve para a classificação. Já os alagoanos jogam por qualquer empate. A partida também marcou a reestreia do meia Diego Souza pelo rubro-negro. O camisa 87, no entanto, teve atuação discreta.  

Com a volta do meia, o técnico Paulo Roberto Falcão optou por reeditar o esquema com um quarteto ofensivo, sacando um dos volantes. No caso, Luiz Antônio. Com a escolha, o Sport passou a ser como uma espécie de espelho do time do Campeonato Brasileiro do ano passado, com Diego Souza fazendo o papel dele mesmo, Gabriel Xavier desempenhando a função que era de Marlone (aberto pela esquerda) e Lenis a de Élber (aberto pela direita). No ataque, a opção foi por Vinícius Araújo na vaga de Túlio de Melo, devido a maior movimentação e velocidade. Foi o André da vez.

As mudanças se mostraram bem sucedidas. Mesmo jogado fora de casa, o Sport teve mais posse de bola e criou várias oportunidades. Três delas nos sete minutos iniciais, pressionando o CRB. Em uma delas, Diego Souza, no seu primeiro toque na bola, deixou Lenis de cara para a meta alagoano. O atacante, no entanto, demorou para chutar. O próprio camisa 87 desperdiçaria outra grande oportunidade, aos 10 minutos, finalizando fraco dentro da área.

O castigo por não transformar em gols as chances criadas veio no primeiro ataque do CRB, no minuto seguinte. Após bela defesa de Danilo Fernandes em cabeçada de Dakson, Lúcio Maranhão, livre na pequena área, só empurrou para as redes. Nos dois lances, falhas do zagueiro Henriquez. Depois do gol, o Sport ainda perdeu Gabriel Xavier, lesionado. O garoto Fábio foi acionado.

Com a desvantagem e a mudança, o Leão perdeu um pouco o impete ofensivo. Mas a partida seguiu movimentada. E o Sport, melhor.  O empate merecido saiu dos pés de Lenis, com um golaço. Na primeira sua primeira boa jogada na partida, o colombiano passou pelo marcador, invadiu a área e soltou uma bomba, indefensável. 

Com a equipe bem na partida, o Sport voltou com a mesma formação para o segundo tempo. A partida, no entanto, retornou com o CRB melhor, com a marcação melhor ajustada, explorando (e forçando) o erro na saída de bola dos pernambucanos. Assim, a primeira boa chance foi dos donos da casa. Após novo erro de posicionamento, Lúcio Maranhão, livre entre os dois zagueiros rubro-negros, cabeceou mal. 

A estrategia do CRB também diminuiu o ritmo da partida. Melhor para os alagoanos. Aos 22 minutos, explorando o lado esquerdo da defesa do Sport, Bocão cruzou e Somália foi mais rápido que os zagueiros rubro-negros e empurrou para a meta de Danilo Fernandes.
 
Com a vantagem no placar, o CRB manteve a estratégia de esperar o Sport. Assim seguia mais perigoso. Sentido, a sua defesa exposta, Falcão, aos 31 minutos, voltou a ter três volantes em campo, sacando Fábio para a entrada de Luiz Antônio. 

Porém, o espaço na lateral esquerda, nas costas de Renê, seguia aberto. E o resultado só não foi pior graças a Danilo Fernandes, que salvou o Sport em chute de Bocão, após jogada pelo lado mais fraco do Leão no jogo.

A última chance de empate dos rubro-negros veio com Diego Souza, aos 45 minutos. O camisa 87, no entanto, mandou na trave. 

Ficha do jogo

CRB 2
Juliano; Marcos Martins, Diego Jussani, Gabriel e Diego; Somália, Olívio, Bocão e Dakson (Matheus Galdezani) ; Luidy (Érico Júnior) e Lúcio Maranhão (Neto Baiano). Técnico: Mazola Júnior.

Sport 1
Danilo Fernandes; Samuel Xavier (Maicon), Henriquez, Luís Gustavo e Renê; Rithely, Serginho, Gabriel Xavier (Fábio) (Luiz Antônio), Diego Souza e Lênis; Vinícius Araujo. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió. Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves (RN). Assistentes: Leandro Lincoln e Francisco Jaílson da Silva (ambos do RN). Gols: Lúcio Maranhão (11 min do 1º) e Lenis (31 min do 1º) e Somália (22 min do 2º). Cartões amarelos: Luidy, Diego, Dakson ( C), e Samuel Xavier (S).
 
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker