Página inicial
 
Mural de recados
19.09 | cleo
QUARTA DIA 20 , AS 16HS NO ANTONIO INÁCIO PORTO X DECISÃO D BONITO, VAMOS GANHAR ...
18.09 | MARCONDES
O PORTO MOSTROU Q TRABALHO E ORGANIZAÇÃO DÃO BONS FRUTOS, ESPERO Q O CENTRAL SE ...
18.09 | MARCOS LEITE
PARABENS O PORTO FEZ BARBA E CABELO COMO SE DIZ NA GIRIA DO FUTEBOL, GANHOU SÁBA ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
21/03/2016
17h15 | esportes - SPORT
SPORT > Trauma psicológico por lesão do passado vem atrapalhando recuperação de Mark González
Um trauma psicológico vem atrapalhando na recuperação do meia Mark González, ausente do time do Sport desde o dia 3 de fevereiro. Cotado para retornar a ficar à disposição do técnico Paulo Roberto Falcão, no último sábado, contra o América (o que não aconteceu), o jogador segue se recuperando de um trauma na coxa esquerda sofrido durante um treinamento, semelhante a uma grave lesão sofrida quando defendia o CSKA, da Rússia, em 2011. Situação que vem assustando o jogador. 

Na época, González sofreu uma forte pancada no quadríceps direito também em um treinamento, o que obrigou o chileno a realizar uma cirurgia de emergência. Na época, o próprio González revelou que esteve perto de perder a perna ou mesmo morrer. Diante do cenário, segundo o preparador físico rubro-negro, Paulo Paixão, o jogador segue sem prazo para retornar.

Paixão, por sinal, também foi o preparador físico de González no CSKA, na época da lesão. Por isso, entende a situação do atleta. "Foi uma pancada no mesmo local, o que causou um pânico no atleta. Ele está fazendo todo os procedimentos corretos com o departamento médico, mas como qualquer ser humano que passou por um trauma como esse, ele está reticente. Isso com certeza atrapalha na recuperação. Por enquanto não há previsão de quando ele vai voltar", destacou Paixão. No total, Gonzáles sofreu cinco lesões no CSKA, disputando apenas 49 jogos em cinco anos no clube russo.

Porém, além da questão psicológica, o preparador enfatizou que outro aspecto que impede um retorno de Gonzáles é a parte física, que segundo Paixão está muito abaixo do esperado. Atualmente, o meia ainda está na fase de transição entre os departamentos médico e físico, realizando apenas trabalhos leves. "González está bem atrasado na parte física. Ele vem realizando apenas trabalhos de corridas leves. Ele ainda está se recondicionando na parte muscular. Só quando for entregue para mim e que passará a trabalhar com mais intensidade. Mas não há previsão disso acontecer", pontuou.

"Quando ele começar a trabalhar comigo na parte física, levará entre uma semana a 10 dias para ficar apto. Ou seja, pelos próximos dez dias não há nenhuma chance dele retornar ao time. Talvez ele fique apto para o jogo contra o Santa Cruz (dia 10 de abril, pela última rodada do hexagonal do Campeonato Pernambucano)", encerrou Paixão.

Desde 2007, Mark Gonzáles vem sofrendo com lesões. Já somando as duas no Sport foram 12 ao todo desde então. Apenas no ano passado, já na Universidad Católica do Chile, por três vezes, o meia foi parar no departamento médico com lesões no ligamento do tornozelo, fratura na clavícula e no músculo adutor da coxa.
 
DO SUPER ESPORTES PE 
 
 
Mark González (Foto: Aldo Carneiro (Pernambuco/Press))Mark González  (Foto: Aldo Carneiro (Pernambuco/Press)
.
 
 
 
eXTReMe Tracker