Página inicial
 
Mural de recados
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
28.04 | Gabriel
O Central precisa de um bom plano de marketing, filmar bastidores, como é a roti ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/02/2016
06h31 | esportes - COPA DO NORDESTE
COPA DO NORDESTE - River/PI 2x2 Sport - Everton Felipe salva o Sport da derrota
Como já era esperado, o técnico Paulo Roberto Falcão, preocupado com a maratona de jogos, resolveu poupar vários titulares do Sport, para a partida desta quarta-feira, contra o River, no estádio Albertão, pela 3ª rodada da Copa do Nordeste. A estratégia quase custou caro ao Leão. Jogando mal durante toda a partida, os rubro-negros só não saíram de Teresina com uma derrota, graças ao brilho, nos minutos finais, do garoto Everton Felipe. Com gols aos 38 e aos 42 minutos do segundo tempo, o meia empatou a partida por 2 a 2, mantendo o time pernambucano na liderança do Grupo D, com sete pontos, e a invencibilidade, agora de cinco jogos. No próximo domingo, o Sport, reforçado dos titulares, terá o clássico contra o Náutico, na Ilha do Retiro, pelo Estadual.

Com a estratégia de Falcão de mandar a campo um time misto, vários jogadores ganharam uma oportunidade. Além do ídolo Magrão, que retornou ao gol do Leão após seis meses, também ganharam uma chance os zagueiros Luís Gustavo e Henríquez, o lateral esquerdo Christianno e os garotos Fábio e Juninho, no ataque. Com isso, pela primeira vez também, o Sport começava uma partida na temporada sem um centroavante de referência à frente. Nenhum deles aproveitou bem a chance.

Tantas mudanças causaram, inevitavelmente, um problema de desentrosamento na equipe. Sem se achar em campo, o Sport, mesmo tendo pela frente um adversário frágil, praticamente não criou ofensivamente. Mesmo, quando Falcão repetiu o que já havia feito no clássico contra o Santa Cruz, invertendo os lados dos dois pontas. Nesse caso, com Everton Felipe saindo da direita para a esquerda, trocando de posição com Fábio. 

Em ambas as situações, Gabriel Xavier atuou como homem de criação no meio. E pouco fez. A única finalização aconteceu apenas aos 31 minutos, com o volante Ronaldo, novamente improvisado como lateral direito.

Além da ineficiência ofensiva, o Sport mostrou uma verdadeira avenida pelo lado esquerdo da defesa, com Chrstianno muito mal, tanto no apoio e principalmente na recomposição. Foi por ali que o River buscou o gol durante toda a etapa. E onde encontrou logo aos 16 minutos, com Vanderlei cortando Christianno com extrema facilidade e chutando sem defesa para Magrão.

Segundo tempo
No retorno para o segundo tempo, Falcão optou por mudar a equipe, com a entrada de mais um garoto. No caso, o atacante Wallace, substituindo Gabriel Xavier, que sentiu a coxa. Com isso, o Sport voltava a ter um centroavante de referência no ataque. O Leão passou a trabalhar mais a bola no ataque, com a marcação mais avançada. Porém, esbarrava na retranca do River, que muitas vezes apelava para as faltas para se defender.

E em outra falha defensiva pernambucana, o time piauiense achou o segundo gol. Após uma bola chutada sem pretensão para a área do Sport, Luis Gustavo não acertou a bola e deixou Vanderlei livre e de frente para Magrão. O atacante só teve trabalho de driblar o goleiro e tocar para a meta vazia. 

Com a desvantagem, Falcão tentou uma última cartada, ao tirar Rithely para a entrada de Neto Moura e em seguida com a entrada de Renê para atuar como ponta esquerda (na vaga de Juninho). Com as mudanças, o Leão melhorou e, mesmo sem criar, empurrou o River para o seu campo de defesa. O empate, no entanto, só viria com um lampejo individual. E o predestinado foi Everton Felipe. Aos 38 minutos, o garoto diminuiu com um chute da entrada área. Três minutos depois, o meia empatou a partida com outra bomba sem defesa para Naylon. Igualdade que saiu de bom tamanho para os rubro-negros.


Ficha do jogo

River 2
Naylson; Toti, Paulo Paraíba, Rafael Araújo e Marquinhos (Alex Santos); Amarildo, Rogério (Kássio), André Beleza e Esquerdinha; Vanderlei e Lucas Bacelar (Diego). Técnico: Jeferson Silva (interino).

Sport 2
Magrão, Ronaldo, Luís Gustavo, Henríquez e Christianno; Rithely (Neto Moura), Luiz Antônio, Éverton Felipe e Gabriel Xavier (Wallace); Fábio e Juninho (Renê). Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Local: Estádio Albertão, em Teresina (PI). Árbitro: Ranilton Oliveira de Sousa (MA). Assistentes: Antônio de Sousa Santos e Ivanildo Gonçalves da Silva (ambos do MA). Gols: Vanderlei (16 min do 1º) e (15 min do 2º), Everton Felipe (38 min do 2º) e(42 min do 2º). Cartões amarelos: Amarildo, Vanderlei (R ) e Rithely, Juninho (S).  
 
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker