Página inicial
 
Mural de recados
25.07 | Patativa
Respondendo esse rapaz chamado franco,sou torcedor e sócio do central desde 1986 ...
25.07 | MARCOS LEITE
O CENTRAL TEM Q FAZER LOGO A ELEIÇÃO, PRA SE ESTRUTURAR PRA 2018 Q JÁ TÁ GARANTI ...
25.07 | luciano
pra resolver o problema do central, não é preciso fechar as portas , e sim os só ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
16/02/2016
20h20 | esportes - SPORT
SPORT - Após quase um mês de espera, Jhonathan Goiano se coloca como opção para o ataque
Contratado no dia 20 de janeiro, o atacante Jhonathan Goiano precisou esperar quase um mês para poder ficar regularizado no Sport. Com toda a documentação em dia, o jogador, de 25 anos, será uma opção no banco de reservas para a partida desta quarta-feira, contra o Fortaleza, na Ilha do Retiro, pela 2ª rodada da Copa do Nordeste. Prestes a fazer a sua estreia com a camisa do Leão, o atleta garante estar pronto. E se colocou à disposição para fazer mais de uma função no ataque rubro-negro.
 
No Sport, o jogador garantiu que pode atuar tanto como centroavante de referência na área, como na função de abrir espaços. "Posso fazer várias funções na frente e atuar onde for preciso. Posso jogar centralizado, mas também gosto de movimentar bastante para os lados, dando opções para os laterais", afirmou. 

Toda a demora na regularização se deveu ao fato do atacante ter que prolongar seu contrato com o Daegu, da segunda divisão da Coreia do Sul, antes de acertar a sua vinda para o Sport. Tudo isso, no entanto, ajudou Jhonathan a ficar 100% fisicamente. O problema, por outro lado, é a falta de ritmo de jogo.
 
"Estava agustiado e preocupado com essa questão de regularização, mas sempre procurei trabalhar sério e concentrado pois sabia que assim que ela chegasse eu poderia estar disponível para ajudar. O que falta é o ritmo de jogo, mas isso é normal. Fisicamente estou bem", afirmou Jhonathan Goiano, que jogando no Daegu marcou 36 gols nas duas últimas temporadas, sendo 22 apenas em 2015.
 
DO SUPER ESPORTES PE 
 
 Foto: Aldo Carneiro 



.
 
 
 
eXTReMe Tracker