Página inicial
 
Mural de recados
25.06 | jonathas silva Beringuel
Lamentavel mais um ano perdido pro central. mais um ano de sofrimento pra torcid ...
25.06 | Davi
A ultima vez q fui ao Lacerdão foi na eliminação da serie D de 2009 naquele dia ...
25.06 | Ze ligado
Se espantar com o que??? Foi o central sendo o central simplesmente isso. Já per ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
11/11/2015
22h03 | esportes - SPORT
SPORT: Rubro Negro tem tabu de 37 anos a quebrar diante do Cruzeiro
Para manter a chama acesa de uma vaga no G4 não há outra alternativa para o Sport a não ser vencer o Cruzeiro no próximo domingo (15), no Mineirão. Missão que foi cumprida apenas uma vez no Campeonato Brasileiro. No dia 26 de março de 1978 os pernambucanos bateram os mineiros por 2×1 pela primeira fase da competição. Depois disso mais dez jogos, com nove vitórias dos azuis e um empate.

A vitória citada foi de virada. Nelinho abriu o placar para os donos da casa ainda no primeiro tempo. Mauro empatou aos 25 e Darci marcou o gol da vitória aos 36 do segundo.

Para mudar um pouco esse panorama, o atacante Marlone defende que os rubro-negros têm que manter a mesma postura do jogo contra o Grêmio. “Foi um jogo bem difícil mas nosso time mostrou qualidade e raça. Estamos bem preparados para fazer um grande jogo no Mineirão”, observa.

O camisa 8 terá uma sensação especial pois defendeu a Raposa no ano passado, sagrando-se campeão brasileiro. “Sou muito grato ao Cruzeiro, fiz grandes amigos e pude ser campeão. Não tive a sequência que estou tendo no Sport porque o time já estava montado com a base que havia sido campeã em 2013. Mas voltar lá sempre passa um filme na cabeça”, pontua.

Além de fazer o seu, o Sport também vai precisar olhar para os outros. Na verdade é secar os concorrentes mais próximos pelo lugar entre os times que vão à Libertadores. Santos, São Paulo e Internacional são as equipes que estão à frente do Leão. “Não vai adiantar eles tropeçarem e a gente não fazer o nosso. Primeiro temos que nos preocupar com nosso trabalho e depois pensar nos outros. Vencendo vamos pensar nos que estão acima”, afirmou o atacante.
 
Do Blog do Torcedor 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker