Página inicial
 
Mural de recados
23.08 | Fabio
Times que o central mais enfrentou (10 primeiros): 1º) Santa Cruz - 22 2º) C ...
23.08 | Fabio
E aí galera centralina. Fiz um dossiê dos confrontos do Central em competições n ...
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/10/2015
07h00 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A -> Sport quebra jejum fora de casa, vence o Palmeiras (2x0) e fica a um ponto de voltar ao G4
Era o que faltava para ratificar a volta da boa fase do Sport. Até então única equipe que ainda não havia vencido fora de casa na Série A, o Leão encerrou o jejum de 15 rodadas de insucessos como visitante vencendo o Palmeiras por 2 a 0, na noite deste sábado, no estádio Pacaembu, em São Paulo. O detalhe é que o Verdão foi justamente o último adversário que os rubro-negros haviam vencido no Brasileiro fora de casa - o que acontecera em novembro do ano passado. Foi a terceira vitória em quatro jogos no Brasileiro desde que o técnico Falcão assumiu o time.

Os gols da vitória do Sport foram marcados por Marlone e André, um em cada etapa da partida. Foi a terceira vitória seguida rubro-negra na competição. Com 49 pontos, o Leão subiu para 6º e agora está a um ponto do Santos, equipe que fecha o G4 na 4ª colocação. Os pernambucanos ainda podem cair duas posições na sequência da rodada neste domingo. O time comandado pelo técnico Falcão volta a campo no próximo sábado, quando terá mais um confronto direto pelo G4 jogando fora de casa, contra o São Paulo, no Morumbi.

O jogo
O Sport foi uma equipe aplicada em campo desde os primeiros minutos de jogo. Bem postado defensivamente, deu pouco espaço ao Palmeiras. E soube aproveitar bem os espaços deixados pela equipe reserva paulista (os titulares foram poupados para jogar a semifinal da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira, contra o Fluminense). Trocando passes e superior, o Leão finalizou o primeiro tempo vencendo por 1 a 0. Poderia ter sido mais.

Aos 11, Fernando Prass salvou o Palmeiras após grande jogada de Diego Souza. Quatro minutos depois, não deu para o goleiro. Após bela troca de passes, Marlone arriscou de fora da área e mandou no ângulo. Golaço. O jogo esquentou depois que Mouche não atendeu um pedido de fair play rubro-negro (André estava caído). A partida ficou mais pegada. E o Leão seguiu melhor. Aos 41, André deixou Élber de frente para o gol. O chute saiu torto. Diego Souza ainda perdeu mais um aos 48. O Verdão assustou com Cristaldo, aos 46 e 49, quando a partida ficou mais aberta nos acréscimos da etapa inicial.

Segundo tempo
Sentindo o mau futebol do time, o técnico Marcelo Oliveira colocou dois dos titulares poupados no segundo tempo. Entraram Zé Roberto e Dudu nos lugares de Allione e Matheus Sales, respectivamente. Aos 10, Dudu saiu na cara do gol e Danilo Fernandes fez uma defesa arrojada. Não tardou, porém, para o Leão jogar um balde de água fria na empolgação palmeirense. Aos 13, Diego Souza fez boa jogada e foi derrubado por João Pedro na área. Pênalti que André cobrou e fez: 2 a 0.

A vitória do Leão, que já estava encaminhada, ficou ainda mais perto após um milagre (em dose dupla) de Danilo Fernandes, aos 23 minutos. Dudu chutou, a bola desviou e o goleiro salvou; no rebote, Cristaldo, sozinho, parou em mais uma grande defesa. Com a vantagem, o Leão conseguiu administrar bem o placar até o final.

Ficha do jogo

Palmeiras 0
Fernando Prass; João Pedro, Vitor Hugo, Leandro Almeida e Egídio; Thiago Santos e Matheus Sales (Dudu); Mouche, Allione (Zé Roberto) e Rafael Marques; Cristaldo. Técnico: Marcelo Oliveira

Sport 2
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Ronaldo), Marlone (Samuel), Diego Souza e Élber (Neto Moura); André. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Estádio: Pacaembu, em São Paulo. Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO). Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Evandro Gomes Ferreira (GO). Gols: Marlone (15’ do 1ºT) e André (13’ do 2ºT) (SPT). Cartões amarelos: Matheus Sales (PAL), Samuel (SPT).
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker