Página inicial
 
Mural de recados
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
26.04 | Beltrão
A próxima contratação do Central vem do : A) veloclube B) aeroclube C) Cineclub ...
25.04 | Jose Helio Pessoa
DODEIRO NÃO ATRAPALHA....O CENTRAL SÓ NÃO É MAIOR DO QUE SUA LOUCURA...TIRAR LI ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
21/10/2015
19h03 | esportes - SPORT
Único dentre 40 times das Séries A e B sem vencer fora, Sport mira fim do jejum por sonho do G4
O Sport carrega o fardo de ser a única dentre as 40 equipes das Séries A e B do Brasileiro que ainda não venceu como visitante em 2015. Jejum arrastado por 15 rodadas frustradas fora de casa. Traumas de jogos quase vencidos, vitórias escapadas nos acréscimos. A missão atual do Leão é deixar tudo no passado e recomeçar zero. Até o fim da temporada, o clube terá ainda quatro partidas longe do Recife. Todos jogos decisivos para as pretensões do time. A começar pelos dois próximos, confrontos diretos contra Palmeiras e São Paulo, ambos na capital paulista.

O grande trunfo do Sport para esse “último suspiro” como visitante está no banco de reservas. Com a chegada do técnico Falcão, o Leão deixou de lado a postura por vezes conservadora que tinha com Eduardo Baptista. O intervalo de dez dias no Brasileiro para os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo (entre 4 e 14 deste mês) foi trabalhado à exaustão pelo treinador – que completa nesta quarta-feira um mês à frente do time.

O parâmetro para a confiança, porém, vem ainda de jogos em casa. Após essa pausa, o Leão venceu Avaí e o vice-líder Atlético-MG com propriedade, apresentando um futebol simples, mas de qualidade. Variações táticas, jogadas ensaiadas e, sobretudo, com o ânimo renovado. A três pontos do G4, porém com cinco adversários à sua frente, o Sport sabe que só quebrando o jejum fora de casa poderá sonhar de fato com Libertadores em 2016.

“A gente tem que se impor e manter a confiança que a gente tem dentro de casa para jogar dessa maneira e conquistar a vitória contra o Palmeiras lá”, disse o zagueiro Matheus Ferraz. “Ficar o campeonato inteiro sem vencer fora é complicado, mas a equipe está tranquila, com jogadores experientes e vamos com tranquilidade. Sabemos que será um jogo difícil, mas que podemos ir lá buscar essa vitória e colocar o Sport no G4”, acrescentou o meia Élber.

O Sport enfrentará o Palmeiras, às 20h (horário do Recife), no próximo sábado, no estádio Pacaembu. Na semana seguinte, enfrentará o São Paulo, no Morumbi. Até o fim da Série A, ainda terá Cruzeiro e Ponte Preta como visitante. Para a partida contra o Verdão terá o retorno do volante Rithely, que cumpriu suspensão na última rodada.
 
Fonte: Super Esportes PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker