Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
17/10/2015
22h46 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A: Com autoridade, Sport goleia o Atlético-MG (4x1) e mantém sonho de entrar no G4 da Série A vivo
Não foi uma vitória qualquer. Do outro lado, estava o Atlético-MG, vice-líder do Campeonato Brasileiro. O Sport teve uma atuação incontestável, neste domingo, na Ilha do Retiro. A ponto de, no primeiro tempo, o resultado estar definido. O placar final de 4 a 1 foi resultado da aplicação do Leão dentro de campo, impondo a marcação desde o início e mantendo o ritmo na maior parte do tempo, mesmo com o jogo ganho.

O Sport mostrou uma organização em campo, capaz de bloquear as jogadas do Atlético-MG. A marcação estava muito acertada, com o time pronto para sair em velocidade para o ataque. O Leão já se fazia mais presente no campo ofensivo quando, aos seis minutos, Matheus Ferraz marcou de cabeça, após cruzamento de falta de Marlone. A vitória, apesar do pouquíssimo tempo de jogo, era justa.

O Atlético-MG não reagiu bem ao gol sofrido, enquanto o Sport seguia com uma boa marcação e, agora à frente do placar, com tranquilidade para atacar. Aos 19, o atacante Carlos fez uma falta dura em Wendel e como já tinha cartão amarelo acabou expulso. Com um jogador a mais, as coisas ficaram ainda mais tranquilas para o Leão. Tanto que o segundo gol saiu quatro minutos depois, numa jogada de velocidade pela direita. Samuel Xavier deu voltando para Diego Souza chegar batendo. Um belo gol.
 
O controle da partida era total. O Sport descia com muita velocidade para o ataque, aproveitando as brechas do lado esquerdo do Atlético-MG. Foi por ali novamente que o Leão chegou ao gol. Diego Souza desta vez foi o garçom, com uma ótima assistência para Élber. Dentro da área, o atacante chutou forte, sem chances para Victor.

No primeiro tempo, impressionou o aproveitamento das finalizações do Sport. Quando chegou ao ataque, o Leão foi certeiro. E o dia realmente estava muito bom. Com a confiança em alta e a tranquilidade proporcionada pelo placar e pela vantagem numérica, os rubro-negros se sentiram à vontade para seguir arriscando. Logo aos nove da segunda etapa, Maikon Leite mandou um chute despretencioso de fora da área e surpreendeu Victor. Virou goleada: 4 a 0.
 
Com dez minutos do segundo tempo, havia pouco a se fazer em campo. O Atlético-MG já estava batido e sequer reagia. Sport dominava a partida, tocando a bola e descendo para o ataque com velocidade. O Leão se deu ao luxo de errar alguns contragolpes fáceis e ampliar o placar.

Relaxado, o Sport ainda permitiu o honra do Atlético-MG, já no final do jogo. Após tocar a bola na frente da área rubro-negra, Patric foi derrubado por Renê, já dentro da área. De pênalti, Thiago Ribeiro fez o gol de honra do Galo. O lance fez parte de uma pressão final que o time mineiro tentou impor, mas sem efetividade.

Ficha do jogo

Sport
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval (Ewerton Páscoa) e Renê; Ronaldo (Matheus Galdezani), Wendel, Diego Souza e Marlone; Elber (Maikon Leite) e Hernane Brocador. Técnico: Paulo Roberto Falcão

Atlético-MG
Victor; Marcos Rocha, Edcarlos, Jemerson e Douglas Santos (Josué); Leandro Donizete, Rafael Carioca, Giovanni Augusto (Cárdenas) e Patric; Carlos e Lucas Pratto (Thiago Ribeiro). Técnico: Levir Culpi

Estádio: Ilha do Retiro (Recife).
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO).
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO).
Gols: Matheus Ferraz (aos 6 do 1T), Diego Souza (aos 23 do 1T), Élber (aos 26 do 1T), Maikon Leite (aos 9 do 2T) e Thiago Ribeiro (aos 38 do 2T).
Cartão vermelho: Carlos (aos 19 do 1T) (A).  
 
Do Super Esportes.

.
 
 
 
eXTReMe Tracker