Página inicial
 
Mural de recados
27.07 | Patativa
Caro Marcos Leite, vc esqueceu da equipe que desclassificou o Central a duas sem ...
27.07 | Gustavo
Marcos Leite o Campinense foi eliminado na segunda fase pelo Fluminense BA. ...
27.07 | MARCOS LEITE
PATATIVA, O CAMPINENSE UM DOS GRANDES D CAMPINA GRANDE NÃO PASSOU NEM DA PRIMEIR ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
14/10/2015
17h39 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A: Sport 3x0 Avaí - Com vitória, Leão manteve vivas as esperanças de brigar pelo G4
Foram 11 dias de intervalo na Série A. Oito dias de treinos consecutivos. Cinco trabalhos fechados à imprensa. O saldo de tanto esforço e mistério no Sport acabou com saldo positivo. Após sair vaiado para o intervalo, o Leão voltou com outra postura para o segundo tempo. Com a entrada de Régis na vaga de Danilo, o Leão dominou o Avaí e saiu de campo com uma merecida vitória por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, na Ilha do Retiro. Régis e André, duas vezes, marcaram os gols.

A vitória levou o Sport aos 43 pontos e manteve acesa a chama da esperança na busca rubro-negra pelo G4. A expectativa é que o fraco público de pouco mais de 5 mil torcedores (o segundo pior do time na Série A) seja irrelevante perto do que o clube receberá no próximo domingo, quando enfrentará o Atlético-MG, novamente na Ilha. Para a partida, Rithely será desfalque certo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em contrapartida, Diego Souza e Renê voltam de suspensão.

O jogo
O Sport não conseguiu fazer um bom primeiro tempo. Embora com maior posse de bola e buscando imprimir seu ritmo na partida, o Leão pecou em momentos cruciais de definição. Errou inúmeros passes curtos no meio de campo, falhou no último passe. Uma das exigências de Falcão durante os treinamentos, o número de finalizações também seguiu escassa. Na melhor oportunidade da etapa, aos 25, Élber fez boa jogada individual, aproveitou bate-rebate e mandou para fora.

O Avaí, mais preocupado em se defender do que em propriamente jogar, praticamente não saiu da defesa. Por vezes, a partida se tornou chata de se ver. Ainda assim, por muito pouco os catarinenses não abriram o placar aos 32. A defesa rubro-negra parou, Renan Oliveira invadiu a área e tocou para Anderson Lopes que parou em grande defesa de Danilo Fernandes. Por vezes perdido em campo, sem mostrar muita evolução das últimas rodadas, o Sport deixou o gramado vaiado pelos poucos rubro-negros presentes no estádio.

Sentindo o baixo rendimento da equipe, o técnico Falcão realizou uma alteração mais ofensiva para o segundo tempo. Voltou do intervalo com o meia Régis na vaga do lateral-esquerdo Danilo. O volante Wendel ficou improvisado na ala. E deu certo. O time, de fato, ficou mais aceso. E passou a arriscar mais. Aos 6, André finalizou com perigo. Logo em seguida, foi a vez de Élber perder ótima chance ao mandar nas redes pelo lado de fora. O gol estava maduro.

Merecedor, o gol rubro-negro saiu aos 15 minutos. Samuel Xavier cruzou, Nino Paraíba cortou mal e a bola caiu nos pés de Régis, que mandou no ângulo: 1 a 0. Dois minutos depois, o segundo. Após passe de letra de Marlone, André ficou numa boa para ampliar o placar. O Avaí chegou com perigo aos 24 e 26, com Renan Oliveira e Rômulo, perdendo duas grandes chances de descontar. Na vantagem no placar, o Leão passou a administrar o jogo e a vitória com tranquilidade. E ainda ampliou novamente com André, aos 39, dando números finais ao jogo.

Ficha do jogo

Sport 3
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Danilo (Régis); Rithely, Wendel, Neto Moura e Marlone (Maikon Leite) e Élber; André (Samuel). Técnico: Falcão.

Avaí 0
Diego; Nino Paraíba, Emerson, Antônio Carlos e Eltinho; Renan (Rômulo), Adriano, Eduardo Neto (Pablo) e Renan Oliveira (Néstor Camacho); Anderson Lopes e André Lima. Técnico: Gilson Kleina.

Estádio: Ilha do Retiro, no Recife.
Árbitro: Péricles Bassols (Fifa-RJ).
Assistentes: Rodrigo Corrêa (Fifa-RJ) e Luiz Regazone (Fifa-RJ).
Gols: Régis (15 do 2ºT) e André (17’ e 39’ do 2ºT) (SPT).
Cartões amarelos: Wendel e Rithely (SPT); Antônio Carlos, Renan, Anderson Oliveira, Eduardo Neto (AVA).
Público: 5.049.
Renda: R$ 91.640.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker