Página inicial
 
Mural de recados
18.09 | MARCONDES
O PORTO MOSTROU Q TRABALHO E ORGANIZAÇÃO DÃO BONS FRUTOS, ESPERO Q O CENTRAL SE ...
18.09 | MARCOS LEITE
PARABENS O PORTO FEZ BARBA E CABELO COMO SE DIZ NA GIRIA DO FUTEBOL, GANHOU SÁBA ...
18.09 | VICTOR HUGO
VOA ALTO GAVIÃO, NO SUB-20 PORTO 5X0 BELO JARDIM E NA SÉRIE A2 SETE 0X2 PORTO, V ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
02/10/2015
16h04 | esportes - SPORT
SPORT: A cinco pontos do G4, mas com futebol em queda livre, Rubro Negro ainda sonha com Libertadores
Entre os cinco pontos que separam o Sport do G4 está o futebol da equipe. Impossível acreditar que o mesmo time que foi eliminado de maneira vexatória pelo Huracán, na Copa Sul-Americana, seja capaz de reeditar o futebol que encheu a torcida de orgulho no início da Série A. E inicie amanhã, contra o Internacional, fora de casa (justamente onde é a única equipe do Brasileiro que não venceu como visitante), uma arrancada de, no mínimo, sete vitórias nas dez rodadas que restam para o fim da temporada. Pelo menos no discurso, atletas e técnico ainda relutam entregar os pontos. Demonstram crer. Hoje, uma verdadeira utopia.

Somente repetindo os 70% de aproveitamento conquistado nas 11 rodadas iniciais (quando chegou a liderar a Série A em cinco oportunidades), o Leão vislumbraria terminar o ano com a classificação à Libertadores. Chegar aos 61 pontos, porém, seria o mínimo (ver quadro abaixo). 

O técnico Paulo Roberto Falcão, ainda perto de completar a sua segunda semana à frente do time, busca encontrar a formação ideal. Faz testes na equipe que comprovam o processo de reconhecimento do elenco. Normal. O baixo rendimento de “atletas-chaves”, casos de Diego Souza, André e Maikon Leite, por exemplo, é que fazem a missão do treinador ter um sucesso distante. Enquanto isso, Falcão se agarra ao bom futebol apresentado pelo time no jogo contra a Chapecoense, no último domingo, para superar o Colorado. 

“É uma possibilidade de chegar perto do G4, à medida que o Internacional está ali, brigando por isso. Vamos trabalhar o lado emocional. Já conversei com eles (os atletas). É esquecer a Sul-Americana, embora a gente tenha que morder isso para saber as coisas que aconteceram”, disse Falcão, já deixando a eliminação no torneio continental no passado. 

“Temos a possibilidade de chegar no G4 e agora o foco é totalmente nisso. É esquecer o que passou. Creio que podemos voltar em Porto Alegre com um bom resultado”, acrescentou o lateral Samuel Xavier, que não enfrentou o Huracán, suspenso, e ontem embarcou para se juntar ao elenco em Porto Alegre. O Sport enfrenta o Inter amanhã, às 18h30, no Beira-Rio.

G5
Há ainda a possibilidade de o quinto colocado da Série A se classificar para a Libertadores. Para isso, a equipe que conquistar a Copa do Brasil precisa terminar o Brasileiro dentro G5. Assim, a vaga desse clube para a Libertadores se daria pelo torneio nacional, abrindo-se assim espaço para o quinto colocado do Brasileirão. Em 2014, o Atlético-MG foi o quinto com 62 pontos; em 2013, o quinto foi o Vitória, com 59 pontos. Ambos não se classificaram para a Libertadores dos respectivos anos.

Pontuação mínima história de 
classificação à Libertadores (4º colocado)
2014 – Corinthians: 69 pontos
2013 – Botafogo: 61
2012 – São Paulo: 66
2011 – Flamengo: 61
2010 – Grêmio: 63
2009 – Cruzeiro: 62
2008 – Palmeiras: 65
2007 – Fluminense: 61
2006 – Santos: 64

Sequência de jogos do Sport
Internacional (F)
Avaí (C)
Atlético-MG (C)
Palmeiras (F)
São Paulo (F)
Grêmio (C)
Cruzeiro (F)
Atlético-PR (C)
Corinthians (C)
Ponte Preta (F)
 
DO SUPER ESPORTES 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker