Página inicial
 
Mural de recados
23.08 | Fabio
Times que o central mais enfrentou (10 primeiros): 1º) Santa Cruz - 22 2º) C ...
23.08 | Fabio
E aí galera centralina. Fiz um dossiê dos confrontos do Central em competições n ...
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
16/09/2015
08h00 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A: Joinville/SC 1x1 Sport - Leão volta a jogar mal, arranca empate no fim com JEC e vê G4 ainda mais longe

 

O Sport voltou a apresentar, na noite desta quarta-feira, aqueles mesmos erros que fizeram o time engrenar a sequência de dez jogos sem vitória na Série A. Erros de passes, apatia em momentos determinantes da partida e falhas individuais cruciais. Estava sendo derrotado pelo vice-lanterna Joinville até os 45 minutos do segundo tempo. Dos males, o menor: empatou com André. O gol catarinense foi marcado por Edigar Junio, ainda no primeiro tempo. Foi o 13º empate do time no Brasileiro, que agora soma 37 pontos e vê o G4 a cada rodada ainda mais longe.

Foi também o 13º jogo sem vitórias do Leão como visitante no Brasileiro. A equipe segue, então, como o único time que ainda não venceu fora de casa na disputa. O Sport volta a campo no próximo domingo, quando enfrentará o lanterna Vasco, no Maracanã. Para a partida, não poderá contar com o meio-campista Diego Souza, que sofreu o terceiro cartão amarelo.

O jogo
O Sport apresentou um futebol de baixo nível no primeiro tempo. No cardápio de horrores, o prato principal foi a quantidade de passes errados. Em 49 minutos, foram 21. O Leão bateu cabeça. Foi facilmente dominado pela equipe vice-lanterna da competição desde os primeiros minutos. É bem verdade que equilibrou e até chegou a ser superior em meados dos 30 minutos. Perdeu a única chance aos 34, quando Maikon Leite, um dos piores da equipe, fez tudo errado e praticamente recuou para o goleiro após grande jogada de Diego Souza. Foi o mais perto do gol que o Leão chegou.

 

Mesmo apresentando dificuldades que o credenciam como uma das piores equipes da Série A, o Joinville mereceu sair vencedor da etapa inicial, tamanha foi a falta de vontade de ganhar apresentada pelos rubro-negros. O gol dos catarinenses saiu de uma série de lambanças dos leoninos. Aos 38, Durval saiu jogando errando. A defesa chegou a retomar a bola, mas Ferrugem voltou a errar ainda na defesa. Edson Ratinho cruzou, Durval afastou, mas, no rebote, Rogério testou de volta na área. Durval ficou só olhando enquanto Edigar Junio dominou e mandou para as redes.

 


Segundo tempo
Demonstrando não ter gostado nada do que viu, o técnico Eduardo Baptista voltou do intervalo com duas alterações: Régis e Élber nas vagas de Maikon Leite e Hernane Brocador. Pelo menos nos primeiros minutos, o Leão passou a ter outra postura. E Régis perdeu duas chances incríveis. Aos 11, André deixou de letra e o meia, de frente para o gol, chutou em cima do goleiro. Em lance idêntico, Régis na cara do gol esbarrou em Agenor.

Os catarinenses equilibraram o jogo e responderam, aos 20, com Marcelinho Paraíba acertou uma bomba no travessão. Somente aos 35, o Leão voltou a assustar. Élber, de longe, mandou com perigo. Mesmo muito lento no jogo, os rubro-negros tentaram esboçar uma pressão nos minutos finais. No fim, aos 45 minutos, a equipe conseguiu mais um empate suado com um gol de André, após passe de Marlone.

Ficha do Jogo

Joinville 1
Agenor; Mário Sérgio, Bruno Aguiar, Guti e Rogério; Edson Ratinho e Kadu (Yuri); Edigar Junio, Lucas Crispim (Marcelo Costa) e William Popp; Marcelinho Paraíba (Kempes). Técnico: Paulo César Gusmão

Sport 1
Danilo Fernandes; Ferrugem (Samuel Xavier), Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Diego Souza, Marlone e Maikon Leite (Élber); André e Hernane Brocador (Régis). Técnico: Eduardo Baptista.

Estádio: Arena Joinville, em Joinville
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG-FIFA).
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Marcus Vinícius Gomes (MG)
Gols: Ediga Junio (38’ do 1ºT) (JOI); André (45’ do 2ºT) (SPT)
Cartões amarelos: Kadu, Lucas Crispim, Mário Sérgio e Bruno Aguiar (JOI); Diego Souza, Rithely, Renê (SPT)
Público: 9.512.
Renda: R$ 117.340,00.
 
Do Super Esportes PE 

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker