Página inicial
 
Mural de recados
09.12 | Rubro Negro
Campeão com mérito? Como assim,série B de 86 tem um monte de time q se intitula ...
09.12 | CLEO
pra ajudar o central< temos q se associar, tem 3 categoRIas de SÓCIOS PRAS 3 CLA ...
09.12 | MARCOS LEITE
PAULO VC FALOU DO SALGUEIRO, E OS OUTROAS DO INTERIOR NÃO VÃO DIPSUTAR NADA? VÃO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
03/09/2015
03h07 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A: Coritiba 0x0 Sport - Rubro Negro domina o Coxa no Couto Pereira, mas continua sem conseguir vencer fora de casa
Mais uma vez, a primeira vitória do Sport fora de casa esteve perto, mas não aconteceu. Com uma atuação segura durante toda a partida, o time pernambucano dominou o Coritiba, jogando no Couto Pereira, porém faltou competência para transformar a superioridade em campo em vantagem no placar. O empate por 0 a 0 acabou sendo um castigo para o Leão, que chega à oitava partida sem vencer no Brasileiro e caiu para a 9º posição, com 31 pontos. O rubro-negro ainda pode perder mais uma posição caso o Santos derrote a Chapecoense, em jogo que será realizado nesta quinta-feira.

Para  a partida, a surpresa do técnico Eduardo Baptista foi a opção por Samuel no ataque, na vaga de Maikon Leite, que, com cansaço muscular, ficou como opção no banco de reservas. No entanto, a novidade na escalação rubro-negra, manteve sua média no campeonato e pouco produziu na primeira etapa. A exceção de um cruzamento aos 21 minutos, onde “disputou” o lance com o companheiro André, que cabeceou para fora, teria passado em branco por completo.

Mesmo assim, o Leão se portou bem na primeira metade da partida. Com uma marcação compacta e maior posse de bola, foram poucas as oportunidades oferecidas ao Coritiba, que sem poder de penetração, limitou-se a arriscar chutes de fora da área. Porém, faltava ao time pernambucano a velocidade de Maikon Leite para puxar os contra-ataques e também ameaçar a meta dos donos da casa. Nesse cenário, foram poucas as oportunidades de gol de ambas as partes, em um primeiro tempo fraco tecnicamente. 

Satisfeito com o desempenho do seu time na etapa inicial, Eduardo Baptista não fez nenhuma mudança para o segundo tempo. Assim, o Sport continuava seguro na marcação, mas sem encaixe e velocidade na transição ofensiva. E Samuel no ataque. 

Porém, aos poucos, com o time pernambucano com cada vez mais volume de jogo, era inevitável esperar uma boa oportunidade. E ela veio aos 17 minutos, com Diego Souza deixando André de frente para o goleiro Wilson. O camisa 90 tocou tirando do arqueiro, mas a bola passou perto da trave esquerda, na melhor chance da partida.

Aos 22 minutos, sentindo o melhor momento do Sport na partida, Eduardo Baptista enfim sacou Samuel para a entrada de Maikon Leite. Em seguida, Rodrigo Mancha e Hernane Brocador também seriam acionados como últimas cartadas do comandante leonino. Porém, mesmo com o controle das ações e o Coritiba dominado, o Sport só conseguiu criar mais uma chance de sair de campo com a vitória. Após cobrança de falta de Diego Souza, o Brocador tocou na bola e obrigou Wilson a segurar um injusto empate por 0 a 0. 

Ficha do jogo

Coritiba 0
Wilson; Leandro Silva, Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; João Paulo (Rodrigo Ramos), Luís Cáceres (Misael), Lúcio Flávio e Esquerdinha (Evandro); Henrique Almeida e Rafhael Lucas. Técnico: Ney Franco.

Sport 0
Danilo Fernandes; Ferrugem, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Rodrigo Mancha), Marlone e Diego Souza; Samuel (Maikon Leite) e André (Hernane). Técnico: Eduardo Baptista.

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Árbitro: Wilson Pereira Sampaio (Fifa-GO). Assistentes: Emerson de Carvalho (Fifa-SP) e Cristian Passos Sorence (GO). Cartão amarelo: Ferrugem, Renê (S), João Paulo (C). Público pagante: 8.303. Renda: R$ 108.460
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker