Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
19/08/2015
08h22 | esportes - COPA SUL-AMERICANA
COPA SUL-AMERICANA: Em um dos piores jogos no ano, Sport é dominado pelo Bahia e perde de 1x0 na Sul-Americana
Os números são muito ruins. Em onze jogos, apenas uma vitória. A sexta derrota acumulada na Copa Sul-Americana. Pior do que isso, apenas o futebol apresentado pelo Sport. Em um jogo de times mistos, o Rubro-negro fez uma das piores partidas da temporada. Sem transição entre os setores, aceitou ser pressionado pelo Bahia. Criou quase nada no ataque. Tomou vários sustos na defesa. No fim, o placar de 1 a 0, com gol do argentino Maxi, foi lucro. Na partida da volta, próxima quarta-feira, o Leão precisa vencer por dois gols de diferença para avançar. Antes, o Sport encara o Figueirense, no sábado, ainda mais pressionado na Série A.

Pelo que jogou, o Sport parece ter abdicado da competição antecipadamente. A equipe entrou em campo com um time misto assim como o Bahia. No Rubro-negro, apenas a defesa foi preservada e uma surpresa. Antes confirmado como titular no lugar de Diego Souza, Régis só entrou na etapa final. Alterações à parte, o time de Eduardo Baptista manteve a distribuição tática. Mas se mostrou lento, sem criatividade e falho na retaguarda. O Bahia era o oposto. Com a marcação adiantada, sufocou o rival. A todo tempo, os leoninos erravam a saída de bola. Arriscavam apenas a ligação direta.
 
 Nesse panorama, o Sport saiu do primeiro tempo sem ter provocado uma chance clara de gol. O Tricolor de Aço, por sua vez, abriu o placar aos 24 minutos. O cenário já estava desenhado. Após pressionar a saída de bola, Souza fez com que Maxi ganhasse um presente. O meia argentino aproveitou Magrão adiantado, driblou e chutou cruzado. O golpe deixou o Rubro-negro entregue. Várias chances foram criadas na sequência. Todas perdidas. Lucro para o Leão após um primeiro tempo muito ruim.

Segundo tempo
A etapa em nada alterou o cenário do jogo. Irreconhecível, o Sport seguiu se arrastando em campo. Frouxo na marcação e sem criatividade. Enquanto isso, o Bahia manteve a disposição que faltava ao rival. Continuou pressionando saída de bola. O detalhe, no entanto, foi que as chances criadas foram reduzidas. Novamente, sorte do Sport. No fim das contas, a volta de Magrão, que virou o atleta com mais jogos pelo Sport, foi um capítulo a ser esquecido pelo futebol apresentado. 

Ficha do jogo

Bahia 1
Douglas Pires; Hayner, Robson, Jailton e Marlon (Ávine); Pittoni, Gustavo, Souza (Zé Roberto) e Rômulo (João Paulo); Maxi e Alexsandro. Técnico: Sérgio Soares

Sport 0
Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Ronaldo (Neto Moura), Wendel, Maikon Leite, Marlone e Élber (André); Hernane (Régis). Técnico: Eduardo Baptista

Local: Arena Fonte Nova (Salvador)
Árbitro: German Delfino (ARG)
Assistentes: Juan P. Belatti (ARG) e Enesto Uziga (ARG)
Cartões amarelos: Zé Roberto (B); Renê, Neto Moura (S)
Cartão vermelho: Samuel Xavier (S)
Gol: Maxi (aos 24min do 1ºT)
Público: 4.440 pessoas
Renda: R$ 78.206,50
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker