Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
05/07/2015
00h03 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A: Avaí x Sport - 11h - Ressacada - Florianópolis/SC
O Sport é o líder da Brasileirão há três rodadas consecutivas. Tem a melhor defesa, o segundo melhor ataque, é a única equipe invicta… Faz uma campanha irretocável. Não se pode dizer que é perfeita muito em razão de um ponto específico: os jogos longe de casa. Sem perder, mas também sem vencer como visitante, o Leão sai pela primeira vez nesta Série A para uma sequência de duas rodadas consecutivas fora do Recife. A primeira parada é no cada vez mais consolidado horário das 11h deste domingo, contra o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis – na próxima quarta-feira, o adversário será o Atlético-MG, no Mineirão.

Embora o fato de ainda não ter vencido fora de casa venha sendo tratado com absoluta naturalidade, e até certo ponto sendo minimizada pelo fato de o time vir pontuando jogo a jogo como visitante, se o Leão não vencer o Avaí fatalmente perde a liderança. Líder da Série A mais equilibrada desde a era dos pontos corridos (em 2003), o Sport tem abaixo de si três equipes com 20 pontos – dois a menos que ele. Um tropeço frente aos catarinenses pode derrubá-lo em até a sexta posição. A situação é tratada com naturalidade no clube.

“Não tem ansiedade (de vencer fora). Temos que ir lá e jogar bem. O Avaí tem um time forte, o Kleina (técnico) ajustou o time deles, mas temos que tentar ganhar. Vamos para buscar os três pontos. Se não der para ganhar é aquilo: um ponto é importante. Não podemos nunca desprezar um ponto”, disse o técnico Eduardo Baptista. Até aqui, o Leão jogou e empatou fora com o Flamengo, Santos, Fluminense e Chapecoense.

Equilíbrio
Com apenas três pontos de diferença para o Corinthians, sexto colocado, o Leão inicia a rodada na briga com a pressão positiva de se manter no topo. O treinador tratou o fato com tranquilidade e até como motivação. “Independentemente da distância de pontos, estamos brigando entre grandes equipes, é para se valorizar. A gente sabe o que precisou fazer para chegar aqui e precisa fazer ainda mais para seguir no topo”, pontuou Eduardo Baptista.

O time
O técnico Eduardo Baptista voltou a fazer o básico no Sport. Contando com os retornos do volante Wendel e do meio-campista Diego Souza, que cumpriram suspensão na última rodada, o treinador promoverá o retorno de ambos à equipe. Embora tenha realizado uma partida destacável na vitória sobre o Internacional no meio de semana, Rodrigo Mancha e, principalmente, Régis (um dos principais nomes da partida) retornam para o banco. “É uma questão de critério. O Diego e o Wendel não saíram por estar mal. Foi por motivo de cartão e é natural que voltem”, justificou o treinador. O restante do time é o mesmo que venceu o Internacional por 3 a 0, no meio da semana.

Avaí
Há quatro rodadas sem vencer e vindo de duas derrotas consecutivas, o técnico do Avaí, Gilson Kleina, resolveu dar uma chacoalhada no time. O Leão catarinense pode ter até cinco mudanças e uma formação com três atacantes para enfrentar o Sport. Além dos suspensos Emerson e Antônio Carlos, deixam à titularidade Pablo, Juninho e André Lima. Jubal, Tinga e o veterano atacante William são as principais novidades na equipe. Sentindo dores na coxa, Anderson Lopes é dúvida para a partida. Caso não jogue, Tauã será o substituto.

Ficha do jogo

Avaí
Vagner; Nino Paraíba, Jéci, Jubal e Romário; Renan, Eduardo Neto e Tinga; Anderson Lopes (Tauã), William e Rômulo. Técnico: Gilson Kleina.

Sport
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Marlone, Diego Souza e Maikon Leite; André. Técnico: Eduardo Baptista.

Estádio: Ressacada, em Florianópolis. Horário: 11h. Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA-FIFA). Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Dibert Pedrosa Moises (RJ).
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker