Página inicial
 
Mural de recados
22.09 | Aldery
É nítido ver como é desastroso ao Central há tanto tempo estar fora de uma série ...
22.09 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Bela iniciativa da diretoria. Aproveitar a oportunidade par ...
22.09 | MARCOS LEITE
TAVA VENDO SITE D RECIFE, O SANTA TÁ VENDENDO BOLO D ROLO PRA AJUDAR NO CT NINHO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
27/06/2015
09h22 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A: Sport apenas empata com a Chapecoense fora de casa: 1x1
O Sport estava conquistando a sua primeira vitória fora de casa nesta Série A até os 42 minutos do segundo tempo. O Leão vinha fazendo uma boa partida, sobretudo defensivamente. Segurava bem o 1 a 0 no placar, na Arena Condá, com o gol marcado por Rithely ainda no primeiro tempo. Foi quando, em uma das raras falhas do sistema defensivo rubro-negro, o atacante Bruno Rangel, em posição irregular, aproveitou o bate-rebate dentro da área e empatou o jogo. Foi o quarto empate seguido do Leão como visitante, que segue sem vencer ou perder fora de casa.

Chegando aos 19 pontos neste sábado, o Sport poderá perder a liderança da competição em caso de vitória de São Paulo ou Atlético-PR no complemento da rodada neste domingo. O Leão volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Internacional, na Ilha do Retiro. Para a partida, Diego Souza e Wendel sofreram o terceiro cartão amarelo e estão suspensos.

O jogo
O Sport fez um jogo bem ao seu estilo. Sem pressa, defendeu-se com tranquilidade nos primeiros minutos. Colocando a bola no chão, rodou o jogo, acalmou a partida e passou a sair pouco a pouco em contra-ataques que passavam obrigatoriamente pelos pés de Diego Souza e Marlone. Vivos na partida e equilibrando bem o jogo, a Chape concentrava suas forças no lado direito, com perigosas subidas de Apodi e Camilo. No seu melhor lance, Edimílson subiu sozinho aos 20 minutos e perdeu o gol.

O susto acordou o Leão. E a resposta veio no minuto seguinte. Pela esquerda, Marlone, estreando bem como titular, deu bom passe para finalização quase perfeita de André. O Sport cresceu no jogo. Com experiência, passou a ter a partida a seu favor e aproveitou bem uma jogada trabalhada à exaustão ao longo da semana. Aos 28, Diego Souza cobrou falta no segundo pau e Rithely surgiu como um raio para testar para as redes: 1 a 0. Após o gol, os rubro-negros recuaram um pouco, mas souberam segurar a natural pressão adversária.

No segundo tempo, o Sport manteve a estratégia. Time fechado, só saindo com segurança para o ataque. Segurança e muita velocidade. Aos 7, Maikon Leite armou um contra-ataque veloz, e deixou Marlone de frente para o gol. O meia chutou mal. A Chapecoense teve a sua melhor chance de empatar o jogo em um dos raros lápsos da defesa rubro-negra. Aos 17, Edmílson recebeu livre, de frente para o gol, e perdeu um gol incrível.

Pressão
Com o passar dos minutos, o Sport foi naturalmente recuando. As saídas de Maikon Leite e Marlone, cansados, tirou o poder de fogo do Leão nos contra-ataques. O jogo ficou perigoso, com os catarinenses em cima em busca do empate. Os 15 minutos restantes foram de pressão absoluta. Até que aos 42 não deu para o Leão. Após bate-rebate na área, a defesa rubro-negra parou e Bruno Rangel, que tinha entrado há pouco no jogo, mandou para as redes em posição irregular.

FICHA DO JOGO

CHAPECOENSE 1
Danilo; Apodi, Neto, Rafael Lima e Dener Assunção; Bruno Silva (Wagner), Elicarlos, Cleber Santana, Camilo e Ananias (Maranhão); Edmílson (Bruno Rangel).
Técnico: Vinícius Eutrópio.

SPORT 1
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Marlone (Neto Moura), Diego Souza e Maikon Leite (Mike); André (Samuel).
Técnico: Eduardo Baptista.

Estádio: Arena Condá, em Chapecó.
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ).
Gols: Bruno Ragel (42’ do 2ºT); Rithely (28’ do 1ºT) (SPT).
Cartões amarelos: Elicarlos (CHA); Marlone, Samuel Xavier, Mike, Rithely,Wendel e Diego Souza (SPT).
Público: 7.203
Renda: R$ 78.195
 
Do Super Essportes 
 
Foto: Divulgação/Chapecoense

...
 
 
 
eXTReMe Tracker