Página inicial
 
Mural de recados
23.08 | Fabio
Times que o central mais enfrentou (10 primeiros): 1º) Santa Cruz - 22 2º) C ...
23.08 | Fabio
E aí galera centralina. Fiz um dossiê dos confrontos do Central em competições n ...
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
13/05/2015
05h58 | esportes - COPA DO BRASIL
COPA DO BRASIL > Sport vence por 2x0, leva decisão para os pênaltis, elimina Chapecoense e agora pega o Santos
CLIQUE E CONFIRA.
Foi um verdadeiro presente de aniversário para a torcida do Sport. Com direito a lançamento de uniforme, monumento em homenagem ao goleiro Magrão e festa para comemorar os 110 anos do clube completados nesta quarta-feira. Faltava o principal: a vitória. E ela veio bem ao estilo rubro-negro: no sofrimento, nas penalidades. Após vencer a Chapecoense por 2 a 0 no tempo normal, na Ilha do retiro, e devolver o placar do jogo de ida, o Leão conseguiu garantir a classificação à terceira fase da Copa do Brasil nas penalidades. Mais uma vez, Magrão voltou a defender pênalti.

Diego Souza, Samuel, Wendel e Vitor marcaram para o Leão nas penalidades. Magrão defendeu a cobrança de Bruno Rangel. Durante os 90 minutos, os gols foram de Mike e Diego Souza. O adversário rubro-negro na terceira fase agora será o Santos. O Sport volta a campo no próximo domingo, contra o Flamengo, no Maracanã, quando defenderá a liderança da Série A.

O jogo

Errando muitos passes e sem conseguir imprimir uma pressão sobre o adversário, o Sport esteve longe de, pelo menos, diminuir a vantagem da Chapecoense no primeiro tempo. O Leão encontrou pela frente uma equipe bem postada defensivamente e ainda buscando o ataque. Tanto que as melhores oportunidades da etapa vieram pelo lado catarinense, com Gil e Camilo, aos 10 e 21 minutos. Com Diego Souza pouco inspirado, os rubro-negros não deram sequer um chute de perigo a gol. No lance mais incisivo, Régis deixou Samuel na cara do gol, aos 35. O atacante se enrolou todo com a bola e desperdiçou a chance.

Precisando reverter a vantagem da Chape, o técnico Eduardo Baptista resolveu arriscar e tirou o lateral improvisado Oswaldo para entrada do atacante Mike. A partida acabou ganhando mais movimentação no segundo tempo. Ficou ainda mais aberta. O Verdão quase chegou com Camilo, aos 6, e o Leão respondeu com Diego Souza, aos 8. Aos 21, enfim, o Sport conseguiu furar a muralha adversária. Renê fez grande jogada, Mike dominou estranho, mas conseguiu mandar a bola que entrou “chorada” para o gol.

O gol empolgou o time e a torcida. O time foi para o “abafa”. E deu certo. Aos 23, Wendel sofreu pênalti. Diego Souza foi para a cobrança e não desperdiçou a chance. Após igualar o placar do jogo de ida, o Sport seguiu tentando matar o jogo no tempo normal sem a necessidade de ir aos pênaltis. Não deu. A decisão da vaga acabou indo memo para as penalidades.

Penalidades

A Chapecoense começou cobrando com Camilo, que marcou. Em seguida, Diego Souza abriu pelo lado do Sport e também fez (o quarto pênalti seguido que o meia acerta). Yohan acertou, assim como Samuel. Então foi a vez de Magrão agir. Ele defendeu com os pés a cobrança de Bruno Rangel. Coube a Wendel colocar o Leão na frente. Quando Maranhão chutou por cima, a vaga ficou ainda mais perto. Quem fechou foi Vitor, que marcou e deu a vaga ao Leão.

FICHA DO JOGO

SPORT 2

Magrão; Oswaldo (Mike), Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha (Wendel), Régis (Vitor), Diego Souza e Samuel; Joelinton.

Técnico: Eduardo Baptista.

CHAPECOENSE 0

Danilo; Apodi (Bruno Rangel), Rafael Lima, Vilson e Dener Assunção; Elicarlos (Hyoran), Gil, Abuda, Camilo e Ananias (Maranhão); Roger.

Técnico: Vinícius Eutrópio.

Estádio: Ilha do Retiro, no Recife.

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN).

Assistentes: Luís Carlos Câmara Bezerra (RN) e Ubiratan Bruno Viana (RN).

Gols: Mike (22’ do 2ºT), Diego Souza (26’ do 2ºT) (SPT)

Cartões amarelos: Mike (SPT); Camilo, Gil, Apodi, Rafael Lima, Roger, Elicarlos (CHA)

Público: 9.012
Renda: R$ 65.555
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker