Página inicial
 
Mural de recados
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
21.08 | MARCOS LEITE
FALAR EM TABELA DA SEGUNDONA VICTOR HUGO, PELA LEI TEM Q DIVULGAR 60 DIAS ANTES ...
21.08 | júnior
já pensou se não tivesse vaidade,e todos se unir-se como seria maravilhoso para ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/05/2015
07h00 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A > Sport x Figueirense - 16h - Ilha do Retiro - Recife/PE
CLIQUE E CONFIRA.
Talvez, nenhum dos 20 clubes inicie a Série A 2015 tão pressionado quanto o Sport. Longe de ser regular e sem apresentar um futebol consistente na temporada, o Leão tem contra si, de pronto, a desconfiança da torcida. Some-se a isso, o mau momento individual de alguns atletas. Situação ainda mais delicada vive o técnico Eduardo Baptista. Sem conseguir fazer a equipe “dar liga”, o treinador vive o nível máximo de questionamento por boa parte dos rubro-negros. Toda essa situação, porém, não é novidade. Coincidentemente, o Leão viveu e encerrou o ápice do seu período de crise em 2014 contra o mesmo adversário que enfrentará às 16h deste domingo, na Ilha do Retiro, pela estreia do clube no Brasileiro: o Figueirense.

Naquele dia 2 de novembro do ano passado, o Sport entrava em campo acumulando uma sequência de oito partidas sem vitórias na competição nacional. Após um início de Série A com passagens pelo G4, o Leão começava a flertar com a zona de rebaixamento. Foi quando veio a redenção. Estádio lotado, torcida empurrando e um gol de pênalti chorado de Diego Souza: bola na parte inferior do travessão e passando centímetros à frente da linha, sem balançar as redes. A vitória fez a equipe engrenar e encerrar a competição com mais seis jogos de maneira invicta a partir de então. Uma inspiração e tanto para o time atual.

“Coincidiu de ser o Figueirense e termos uma situação parecida. A gente precisa ter essa maturidade e personalidade para jogar bem, vencer e daí ter uma tranquilidade para ter uma sequência de vitórias. Só assim para levar esse ambiente negativo para longe daqui”, disse Diego Souza. “Essa retrospectiva é importante, mas acima de tudo motiva ser inicio o início de Série A. Uma vitória nos traria tranquilidade para iniciar bem e ganhar confiança”, acrescentou Eduardo Baptista.

Dúvidas
Para a partida, o treinador rubro-negro levou apenas duas dúvidas. Com dores na coxa direita, o atacante Samuel tenta se recuperar a tempo. Se ele não jogar, Mike ganha a posição. A outra interrogação é na cabeça de área: Rodrigo Mancha e Wendel disputam a posição. A principal novidade do time será a presença do zagueiro Matheus Ferraz ao lado de Durval. Ele ganhou a posição do então intocável Ewerton Páscoa.

+adversário
Figueirense
Prevendo um desgaste muito grande da sua equipe com a viagem até o Recife, o técnico Argel Fucks optou por poupar seus titulares, visando o jogo da volta, quarta-feira, contra o Avaí. Sendo assim, o Leão terá pela frente uma equipe formada por reservas do Figueirense. “A logística é muito difícil”, ressaltou o treinador, preocupado com o clássico contra o Avaí. No jogo de ida pelo torneio nacional, o Figueirense foi derrotado por 1 a 0 pelo rival.

FICHA DO JOGO

SPORT
Magrão; Oswaldo, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Rodrigo Mancha), Elber, Diego Souza e Mike (Samuel); Joelinton.
Técnico: Eduardo Baptista.

FIGUEIRENSE
Luan Polli, Willian Cordeiro, Nirley, Bruno Alves e Marquinhos Pedroso; Dener, Jefferson, Ricardinho, Jean Deretti; Everaldo e Dudu. 
Técnico: Argel Fucks.

Estádio: Ilha do Retiro, no Recife. Horário: 16h. Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO). Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Bruno Raphael Pires (GO). Ingressos: 

Valores
Ampliação:
Sócio – R$ 50,00
Não sócio – R$ 80,00
Proprietário – R$ 50,00
Proprietário meia – R$ 25,00
Proprietário sócio – R$ 10,00

Arquibancada Frontal:
Sócio – R$ 10,00
Meia – R$ 25,00
Inteira – R$ 50,00

Assento Especial:
Sócio – R$ 10,00
Não sócio – R$ 80,00
Proprietário – R$ 50,00
Proprietário meia – R$ 25,00 
Proprietário sócio – R$ 50,00

Cadeira central:
Sócio – R$ 60,00
Não sócio – R$ 120,00
Proprietário – R$ 60,00
Proprietário meia – R$ 30,00
Proprietário sócio – R$ 10,00

Promoção Dia das Mães – 2 mil ingressos gratuito para as sócias. Trocas realizadas enquanto durar a carga de ingressos. 

Conselheiro:
Conselheiro – R$ 10,00
Conselheiro convidado – R$60,00

Camarote:
Proprietário – R$ 80,00
Proprietário meia – R$ 40,00
Proprietário sócio – R$ 10,00

Sociais:
Sócios – R$ 10,00

Promoção Dia das Mães (Gratuito para as sócias)

Arquibancada Sede: R$ 20

Visitante (placar):

Visitante – R$50,00
Visitante meia – R$ 25,00

Do Super Esportes


.
 
 
 
eXTReMe Tracker