Página inicial
 
Mural de recados
22.06 | Paulo alvinegro
Pois é patativa também dei a viagem perdida não tinha ingresso nenhum na sede o ...
22.06 | Patativa
O central e seu amadorismo fui até o lacerdao nesta quinta feira comprar meu ing ...
22.06 | José
Boa tarde Warley, Se caso o central empatar essa partida, ele ta classificado ? ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
09/05/2015
19h34 | esportes - SPORT
Libertadores, pressão, treinador, Hernane e proposta: Diego Souza analisa momento no Sport
CLIQUE E CONFIRA.
Do Super Esportes 
 
Às vésperas do início da disputa da Série A do Brasileiro, o meia-atacante Diego Souza analisou o momento conturbado que vive o clube. Sem baixar a guarda, o jogador traçou planos ambiciosos. Mira uma classificação para a Copa Libertadores da América em 2016. Ele ainda defendeu o técnico Eduardo Baptista, elogiou o atacante Hernane e comentou a declaração do presidente do clube, João Humberto Martorelli, que transpareceu um questionamento sobre o posicionamento do atleta em campo em entrevista à Rede Globo. Confira todos os detalhes.
Momento
A gente planeja sempre conquistar títulos, fazer o máximo de gols e dar o máximo de assistências possíveis, mas, nem sempre, acontece da maneira que a gente planeja. A gente queria conquistar a Copa do Nordeste e o Pernambucano, mas tiveram outras equipes estruturadas e que tiveram mais um pouco de sucesso. A gente tem que continuar trabalhando porque, só assim, a gente consegue sair dessa situação.

Pressão
A pressão é muito maior do que está se pensando. Sem dúvida, a gente vem de insucessos e queremos reverter essa situação o mais rápido possível. A gente espera conquistar logo esses três pontos até porque temos um jogo difícil na quarta-feira e vamos pontuando. O que já aconteceu ficou para trás. É passado. Agora, é um novo caminho, um novo objetivo. Sempre pensei grande e eu não penso em brigar ali no meio da tabela. De repente, isso que aconteceu pode servir para que algo bom aconteça mais na frente. A gente está trabalhando para que isso aconteça e, de repente, a gente possa ser essa surpresa na competição.

Resultados inesperados
Futebol é cada jogo. A gente tentou montar a mesma equipe, mas futebol é dentro de campo, 90 minutos. Cada jogo é uma história diferente. Como eu disse, agora a gente é alvo de todos vocês porque não conquistamos. Saímos na semifinal do Pernambucano para uma equipe de menor expressão e a gente vai ter que estar aqui para se explicar. Mas a gente tem trabalhado e conversado. Sabemos como sair dessa situação. 

Trabalho desenvolvido
Independente se você trabalha certo ou errado, se você não conquista os três pontos no domingo e na quarta-feira, a gente vai ter que se explicar aqui o tempo inteiro. Então, temos que botar a cabeça no lugar e temos que ter personalidade para sair dessa situação porque, daqui pra frente, os jogos vão ser cada vez mais difíceis até mesmo dentro da nossa casa. O nosso torcedor é um torcedor que cobra bastante. Então, a gente tem que ter essa personalidade para jogar bem e vencer essas partidas.

Parceria com Hernane
O torcedor do Sport cobra bastante e, se era o camisa 9 que estava faltando, contratou um grande jogador que tem essa condição de empurrar a bola para dentro. Espero que ele possa se condicionar rapidamente e entrar no time para que ele faça os gols que são necessários para a gente.

Objetivo no Brasileiro
O mesmo de todo torcedor do Sport. É disputar a Libertadores. A gente aqui não se conforma em ficar no meio da tabela. Falar isso hoje pode até ser motivo de chacota, de alguma coisa desse tipo. Mas não é dessa maneira por tudo que a gente passou aqui esse ano. Não conseguiu conquistar o Campeonato Estadual. Não conseguiu ganhar a Copa do Nordeste. Mas, quem sabe lá na frente, vocês possam estar aqui e eu falando em uma situação bem melhor que é falando, de repente, de brigar por uma vaga na Copa Libertadores.

Reencontro com o Figueirense
Coincidiu de ser o Figueirense e de ser uma situação meio parecida (o time, no ano passado, vinha de uma série de oito jogos sem vencer). O que a gente precisa é ter essa maturidade, essa personalidade, de jogar bem e vencer essa partida e daí ter uma tranquildade novamente e focar para ter uma sequência de vitórias. Só assim a gente consegue levar esse ambiente negativo para longe.

Proposta
Nenhuma. Tive nada. Estou 100% focado aqui dentro, junto com meus companheiros. É trabalhando para poder sair dessa situação.

Eduardo Baptista
O Eduardo é um grande treinador. Não temos o que reclamar dele. Já mostrou isso ano passado, um excelente trabalho. Mas, no futebol, você trabalha corretamente, faz tudo certo e, no jogo se não vencer, está tudo errado. Às vezes, não se faz as coisas certas, vence e fica tudo certo. Então, é chegar no domingo e na quarta-feira à noite e vencer.
 
Foto da matéria: Edvaldo Rodrigues/DP Press 

 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker