Página inicial
 
Mural de recados
27.04 | Givaldo
Esse tal de Patativa devia mudar o nome para Urubu, esse desgraçado só faz corta ...
27.04 | Patativa
Meu Deus isso foi mostrado e um gramado ou um chiqueiro ...
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
08/04/2015
09h09 | esportes - COPA DO NORDESTE
COPA DO NORDESTE -> SEMIFINAL -> Sport pressiona o Bahia, mas fica no empate em 0x0
CLIQUE E CONFIRA.

Faltou o gol, Sport. O Leão fez a sua melhor partida em 2015. Em evolução, encurralou o Bahia. Pressionou. Foi tatica e defensivamente perfeito. Não pôde contar, porém, com a inspiração dos seus atacantes. Mike, Joelinton e, sobretudo, Samuel, não contribuiram para uma noite perfeita. Se não venceu, pode-se dizer que fez o melhor resultado possível depois da vitória: o empate sem gols. Com o resultado, os rubro-negros terrão a vantagem de poder jogar pelo empate com gols em Salvador. O jogo da volta acontecerá às 16h do próximo domingo, na Fonte Nova. Para a partida, o técnico Eduardo Baptista terá dois importantes desfalques: os volantes Wendel e Rithely levaram o terceiro cartão amarelo e estão suspensos.

Foi um super primeiro tempo. Lá e cá. Nível Série A. O Sport agridia, o Bahia respondia à altura. Chances perdida por Samuel de um lado, grande defesa de Magrão do outro. É bem verdade, porém, que foi o Leão quem tomou a iniciativa do jogo e teve as melhores oportunidades. Não fosse a noite infeliz de Mike e principalmente de Samuel, o 0 a 0 da etapa inicial teria saído logo cedo. Empurrados pelo caldeirão rubro-negro, o Leão fez o tradicional abafa no começo da partida. Renê, Diego Souza (atrapalhado por Samuel) e Mike assustaram. Aos 15, Samuel de frente para o gol, mandou para fora na melhor chance rubro-negra de abrir o placar.


Até os 20 minutos, a pressão foi absoluta do Sport. O time esteve irretocável. Veloz, passes rápidos. Até o Tricolor acordar. Aos 21, Souza bateu falta com curva e Magrão salvou. O goleiro ainda salvaria de maneira sensacional aos 34, em arremate de Maxi. Taticamente impecável e com Rithely distribuindo as jogadas com louvor e Vitor fazendo a sua melhor partida pelo Leão, o Sport voltou a equilibrar o jogo. A partida ficou aberta. Samuel perdeu mais uma chance. O 0 a 0 não refletiu o que foi a etapa.

Etapa final
O segundo tempo voltou no mesmo ritmo. O Bahia voltou tentando imprimir o seu ritmo. Em jogava rápida, Maxi entrou dividindo com Rithely e quase não faz logo nos primeiros instantes. Aos 11, o Leão respondeu com Matheus Ferraz. O zagueiro estreante testou e Thales salvou em cima da linha. O Sport passou novamente a ser melhor. Satisfeito com o empate, os baianos começaram a segurar a partida. A fazer a famosa “cera”. Enquanto isso, buscando jogo os rubro-negros tentavam. em nova boa Samuel chance aos 30, mandou para fora. Nos acréscimos, ele de novo, perdeu uma chance incrível. A última.

FICHA TÉCNICA

SPORT 0
Magrão; Vitor, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Ronaldo), Elber (Régis) e Diego Souza; Mike (Joelinton) e Samuel.
Técnico: Eduardo Baptista

BAHIA 0
Douglas Pires; Tony, Thales, Titi e Patric (Yuri); Souza, Pittoni e Tiago Real; Maxi (Tchô), Léo Gamalho (Willians Santana) e Kieza.
Técnico: Sérgio Soares.

Local: Ilha do Retiro, no Recife. 
Árbitro: Italo Medeiros de Azevedo (RN). 
Assistentes: Lorival Candido das Flores (RN) e Vinícius Melo de Lima (RN).
Gols:
Cartões amarelos: Wendel, Samuel, Rithely (S), Tiago Real, Patric, Thales (B)
Público: 22.707
Renda: R$ 332.900
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker