Página inicial
 
Mural de recados
23.08 | Fabio
Times que o central mais enfrentou (10 primeiros): 1º) Santa Cruz - 22 2º) C ...
23.08 | Fabio
E aí galera centralina. Fiz um dossiê dos confrontos do Central em competições n ...
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
05/03/2015
16h26 | esportes - Sport
Sport - Após marcar contra o Socorrense, volante Wendel celebra fim de jejum de gols de dois anos
CLIQUE e CONFIRA.
A vitória do Sport contra o Socorrense já estava assegurada. Mas isso não diminuiu a importância do gol marcado pelo volante Wendel, o terceiro da goleada por 3 a 0 sobre a equipe sergipana. Isso porque foi o seu primeiro com a camisa rubro-negra, desde que chegou ao clube, no início do ano passado. Na verdade, o jejum do jogador era ainda um pouco maior. O último tento marcado por Wendel havia sido anotado em janeiro de 2013, quando ainda defendia o Vasco, em amistoso contra o Ajax, da Holanda. Já o último em competições oficiais datava de agosto de 2012, também pela equipe carioca, em um empate por 2 a 2 com o Coritiba, pelo Brasileiro.

"Esse jejum me incomodava até certo ponto. Até porque quando jogava lá fora era acostumado a fazer gols frequentemente e com a minha volta ao Brasil (em 2012) isso reduziu consideravelmente. Mas nunca foi nada que me tirasse o sono. Fico contente com o meu primeiro gol e pelo fato de ter ajudado o Sport, mesmo que a partida já estivesse definida. Porém, o mais importante é que o time fez uma das melhores partidas do ano e temos tudo para continuar nessa crescente, visando as fases finais do Pernambucano e da Copa do Nordeste", afirmou Wendel, nesta quinta-feira, no desembarque da delegação leonina no Aeroporto dos Guararapes.

O jogador atribui a diminuição na quantidade de gols marcados a mudança na sua forma de atuar. Quando atuava pelo Bordeaux, da França, Wendel chegou a marcar 12 gols em uma temporada e 11 em outra. "Estou jogando em uma posição diferente. No ano passado, a minha primeira a função, junto com o Rithely, era de defender e cobrir as subidas dos laterais. Temos que respeitar o que foi designado pelo treinador e não vejo problema se tiver que passar o resto do ano sem voltar a marcar gols. Com o Sport saindo vencedor e com boas exibições, eu estarei contente", pontuou Wendel. 
 
Do Super Esportes PE 
Foto da Página inicial: João Andrade Neto/DP Press 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker