Página inicial
 
Mural de recados
25.06 | jonathas silva Beringuel
Lamentavel mais um ano perdido pro central. mais um ano de sofrimento pra torcid ...
25.06 | Davi
A ultima vez q fui ao Lacerdão foi na eliminação da serie D de 2009 naquele dia ...
25.06 | Ze ligado
Se espantar com o que??? Foi o central sendo o central simplesmente isso. Já per ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
04/02/2015
15h09 | esportes - COPA DO NORDESTE
COPA DO NORDESTE - Sport perde para o Sampaio Corrêa e larga como lanterna no Nordestão: 3x2
Quem foi que disse que o Sport teria vida fácil na Copa do Nordeste? Atual campeão, o Leão acabou esbarrando nas próprias pernas na estreia da competição. Após fazer um primeiro tempo seguro, com absoluta supremacia e vitória parcial, a equipe se acomodou. Fez tudo o que não se esperava no segundo tempo: acuou-se, passou a errar passes e viu o adversário se agigantar. Jogando no estádio Castelão, em São Luís, o Sampaio Corrêa soube aproveitar o bom momento. Em dois minutos, dois gols, virada e vitória histórica na noite desta quarta-feira - os maranhenses nunca haviam vencido o Sport. No fim, ainda mais o gol: vitória por 3 a 2.

A derrota, inclusive, pôs fim a uma sequência de nove jogos de invencibilidade do Sport e, de quebra, deixou o time na lanterna do Grupo B - visto que o Coruripe e o Socorrense empataram no outro jogo da chave. Os gols rubro-negros foram marcados por Rithely e Régis (já nos acréscimos), enquanto o Sampaio marcou com Edvânio, Válber e Robert. O Leão volta a campo pelo Nordestão agora somente na próxima quarta-feira, quando receberá o Coruripe na Ilha do Retiro. 

O jogo
O Sport fez um primeiro tempo sem sustos. Equilibrado em campo, primeiramente não correu riscos de sofrer gol em momento algum. Com maior posse de bola, foi um time paciente na maior parte da partida. Rodou o jogo em passes curtos, conseguiu encontrar as brechas necessárias na dura marcação exercida pelo Sampaio. Também soube arriscar-se pontualmente em subidas pelas pontas. Dominando a partida, abriu o placar aos 14 minutos. Após escanteio cobrado por Danilo, Rithely subiu mais que a zaga e testou para as redes. 

O Leão seguiu melhor no jogo, embora não encontrasse facilidade. Mesmo bem marcado, Diego Souza tinha papel fundamental. Marcou e armou quando possível. Aos 34, driblou e levou a bola à linha de fundo serviundo Joelintom, que sem goleiro madou para fora. Na reta final, os rubro-negros caíram um pouco de rendimento e o técnico Eduardo Baptista reclamou dos erros de passes e ansiedade. “Tem que rodar mais a bola. Sempre que rodou, chegou”, disse.

As orientações do treinador, porém, devem ter entrado em um ouvido e saído pelo outro. O Leão em vez de melhor, piorou - e muito - no segundo tempo. O Sampaio voltou com tudo do intervalo. Sonolento, o Sport passou a oferecer espaço, a pecar na saída de bola e na marcação. Sofreu a virada de forma meteórica. Aos 13, Magrão ainda salvou o time em duas oportunidade, mas a jogada seguiu e Edvânio empatou o jogo. Não deu tempo nem para respirar e, dois minutos depois, Alex Silva vacilou e Válber mandou para o gol. Aos 43, o golpe final. Após contra-ataque rápido Robert mandou de longe e selou a vitória maranhense. Nos acréscimos, Régis descontou para o Leão. 

 

 

Ficha do jogo

SAMPAIO CORRÊA 3
Dida; Daniel Damião, Edvânio, Mimica e Willian Simões; Robson Simplício, Curuca (Dudu), Gil Mineiro, Belfort (Cleitinho) e Válber; Robert.
Técnico: Oliveira Canindé.

SPORT 2
Magrão; Alex Silva (Vitor), Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely (Régis); Rodrigo Mancha, Danilo, Diego Souza e Elber; Joelinton (Samuel).
Técnico: Eduardo Baptista

Local: Castelão, em São Luís. Árbitro: Antônio Santos Nunes (PI). 
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Thyago Costa Leitão (PI). 
Gols: Edvânio, Válber e Robert (SPC); Rithely e Régis (SPT). 
Cartões amarelos: Willian Simões, Robson Simplício (SPC); Danilo (SPT).

 

Público: 6.887

Renda: R$77.300,00

Do Super Esportes PE 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker