Página inicial
 
Mural de recados
23.06 | Thiago Francisco
Saindo de Recife sábado à noite pra domingo ver minha patativa voar alto. AVA ...
23.06 | Thiago Francisco
Estive lá na sede por volta das 13 hrs, ontem (quinta feira) e comprei o ingress ...
23.06 | Gustavo
PQP, O amadorismo nao sai desse central querem cobrar um valor absurdo de 40 rea ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
16/11/2014
16h15 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A: Sport desencanta fora de casa e conquista importante vitória sobre o Atlético-PR: 1 a 0
Clique e confira!
A segunda vitória do Sport fora de casa veio na melhor hora possível. O placar de 1 a 0 sobre o Atlético-PR, neste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, foi importante para o Leão na corrida, ainda distante, contra a zona de rebaixamento. A garantia de permanência na Série A ainda não é matemática, mas as chances de queda são cada vez menores. E jogar com a tranquilidade ao lado, nesta reta final, pode ser um fator positivo.

E a vitória sobre o Atlético-PR não foi tranquila. Por pouco, ela não escapou. Magrão salvou o resultado, ao defender um pênalti, no segundo tempo. O Sport foi cirúrgico. Teve duas chances e aproveitou uma. Diego Souza marcou um golaço, de voleio, logo no início da etapa final. Com a vantagem, o Leão soube se defender bem no restante do jogo.

O técnico Eduardo Baptista perdeu, de última hora, o volante Ronaldo, que sentiu um problema muscular no sábado. No lugar dele, atuou Rithely, voltando ao time titular. Na prática, nada mudou no esquema do Sport. A aposta ofensiva do treinador, com Diego Souza e Mike abertos pelos lados e Joelinton centralizado não funcionou. O Leão tentava sair nos contra-ataques, mas não acertava os passes decisivos. Assim, a bola pouco chegava na frente.

O Atlético-PR também não trouxe novidades e fez o que se esperava dele. O time da casa tomou a iniciativa e teve maior posse de bola, explorando principalmente as jogadas pelas laterais. Apesar disso, o Furacão não levou perigo ao gol do Sport. A melhor chance da partida, por sinal, foi do Leão. No final do primeiro tempo, Diego Souza cruzou e Mike, livre de marcação, de cabeça, mandou em cima do goleiro.

Após um primeiro tempo truncado, a segunda etapa começou com um jogo mais franco pelos dois lados. E antes dos dez minutos o Sport abriu o placar. A chance novamente esteve nos pés de Mike, que recebeu precioso passe de Joelinton dentro da área. Ele tocou na saída do goleiro, que fez boa defesa. No rebote, porém, Diego Souza mandou um belo voleio e marcou um golaço.

Após o gol, o Sport manteve o bom nível do futebol, mas seguia com dificuldade em fazer a bola chegar ao ataque. A partir dos 25, Eduardo Baptista tomou uma decisão arriscada. Tirou dois atacantes e colocou dois volantes: saíram Joelinton e Mike e entraram Wendel e Augusto. Fechou o time, enquanto o Atlético-PR, naturalmente, se arriscava cada vez mais ao ataque. A ideia do treinador era valorizar a posse de bola e segurar o ímpeto do Furacão.

Mas, por pouco, toda a armação feita por Eduardo não foi por água abaixo. Aos 28, o Atlético-PR teve um pênalti. Cléo foi para a cobrança, mas não bateu bem. Magrão caiu do lado certo e salvou o Sport - e o seu treinador. Desde então, o Furacão pressionou o Leão até o fim do jogo. Armado defensivamente, sem conseguir sair nem nos contra-ataques, não foi fácil para os rubro-negros segurarem o resultado. Mas conseguiram.

Atlético-PR

Weverton, Sueliton, Gustavo, Cleberson e Natanael; Deivid, Paulinho Dias (Hernani), Bady (Nathan) e Marcos Guilherme (Dellatorre); Marcelo Cirino e Cléo. Técnico: Claudinei Oliveira

Sport

Magrão; Patric, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Rithely, Danilo (Igor Fernandes) e Diego Souza; Joelinton (Wendel) e Mike (Augusto). Técnico Eduardo Baptista

Local: Arena da Baixada (Curitiba-PR)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Assistentes: Guilherme Ceretta de Lima (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
Gols: Diego Souza (aos 9 do 2°T)
Cartões: Gustavo, Cleberson (APR), Danilo (SPO)
 
Do Super Esportes. 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker