Página inicial
 
Mural de recados
09.12 | Rubro Negro
Campeão com mérito? Como assim,série B de 86 tem um monte de time q se intitula ...
09.12 | CLEO
pra ajudar o central< temos q se associar, tem 3 categoRIas de SÓCIOS PRAS 3 CLA ...
09.12 | MARCOS LEITE
PAULO VC FALOU DO SALGUEIRO, E OS OUTROAS DO INTERIOR NÃO VÃO DIPSUTAR NADA? VÃO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
08/10/2014
11h01 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A -> Sport perde para o Grêmio e conhece 8ª derrota seguida como visitante na Série A
CLIQUE E CONFIRA.
Parece um filme repetido. O Sport começa bem o jogo, esboça até uma pressão sobre o adversário. Perde gols. E quando a partida soa estar sob controle, toma o gol e não esboça qualquer poder de reação. Foi assim que, pela oitava vez consecutiva, o Leão saiu derrotado de campo como visitante nesta Série A. Oscilando entre um bom e um péssimo futebol dentro da mesma partida, a equipe foi derrota pela equipe do técnico Luiz Felipe Scolari por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, em Porto Alegre. Gols de Alan Ruiz e Dudu. O revés acende um alerta perigoso e que parecia não existir para o clube: o da zona de rebaixamento.

Durante quase todo o Brasileirão, a distância entre o Sport e o G4 sempre foi mais curta do que em relação ao Z4. Não é mais assim. Se antes, o Leão vigiava de perto a parte de cima da tabela, a inédita sequência de quatro partidas sem vitória na competição faz a equipe do técnico Eduardo Baptista passar a fincar os olhos no retrovisor. Ao fim da rodada, o Sport pode ficar a sete pontos do primeiro time que abre a zona de rebaixamento - já chegou a abrir 12. O G4 já está desgarrado, dez pontos a frente. Com o alerta aceso, a chance de recuperação será domingo, em casa, contra o Vitória.

No total, já são nove partidas sem vencer fora de casa. Durante o período, o Sport empatou com o Goiás (0 a 0) e em seguida foi derrotado por Figueirense, Flamengo, Fluminense, São Paulo, Chapecoense, Bahia, Corinthians e agora Grêmio. Já são 18 gols sofridos e apenas um marcado. De quebra, o Leão manteve a escrita de jamais ter vencido os gaúchos em Porto Alegre. A última vitória rubro-negra veio na 9ª rodada, 1 a 0 sobre o Vitória, em maio

O jogo
O jogo começou e, desde os primeiros minutos, um filme já passava na cabeça da torcida rubro-negra. Sport bem postado em campo. Defesa sólida, ataque polivalente. Com as alterações promovidas pelo técnico Eduardo Baptista, que sacou Ibson e Felipe Azevedo para as entradas de Augusto e Danilo, o Leão povoou mais o meio de campo e ganhou poder de marcação e velocidade. Otimismo aumentado com bola no travessão de Neto Baiano e defesa milagrosa do goleiro gaúcho na testada de Patric nos primeiros minutos de partida. Mera ilusão.

O Leão manteve o duelo equilibrado até os 29 minutos do primeiro tempo. Foi quando o argentino Alan Ruiz acertou um belo chute da entrada da área e abriu o placar. Bastou para a equipe entrar em pane. Não fosse Magrão e a má pontaria gremista, dificilmente a etapa terminaria somente no 1 a 0. Sentindo que o time poderia dar mais e querendo a todo custo pôr um ponto final na sequência de derrotas, o treinador rubro-negro utilizou toda a artilharia ofensiva que estava a seu alcance. Em 15 minutos, colocou três atacantes em campo: Felipe Azevedo, Ananias e Mike.

Mas a história do primeiro tempo e das últimas rodadas longe do Recife se repetiu. O Sport conseguiu adiantar a marcação. Colocou o Tricolor encostado na parede. Pressionou. Chegou perto do empate do Ananias e Diego Souza. E quando o empate era iminente… gol do Grêmio. Aos 30, Patric falhou e no contra-ataque rápido Dudu saiu de frente com o gol, driblou Magrão e deu números finais a partida. O Leão não esboçaria qualquer poder de reação.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2
Tiago; Pará, Rhodolfo (Bressan), Geromel e Zé Roberto; Fellipe Bastos, Ramiro, Alán Ruiz (Giuliano) e Fernandinho (Walace); Dudu e Barcos.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

SPORT 0
Magrão; Patric, Durval, Henrique Mattos e Renê; Rithely, Wendel, Danilo (Mike), Augusto (Ananias) e Diego Souza; Neto Baiano (Felipe Azevedo).
Técnico: Eduardo Baptista.

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre. Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ). Assistentes: Rodrigo F. Henrique Correa (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ). Gols: Alan Ruíz e Dudu (GRE). Cartões amarelos: Geromel, Giuliano e Walace (GRE); Wendel (SPT).
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker