Página inicial
 
Mural de recados
27.05 | Aldery
Ao que parece o gramado melhorou muito, e com a chuva deste sábado 27/5 - vai me ...
27.05 | DANIEL Barros
Central, uma propriedade futebolista histórica de Caruaru. Entre os torcedore ...
27.05 | Patativa
Lugar de centralino é no lacerdao neste domingo vamos mostrar nossa força e espe ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
03/10/2014
21h00 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A -> Corinthians 3x0 Sport - Como esperado, rubro negro é goleado no Itaquerão
CLIQUE E CONFIRA.

 

O Sport não consegue fazer gols fora de casa. Pior do que isso. Cria as oportunidades, chega na cara do gol, mas… perde a chance. Ou melhor: as chances, no plural. Tem sido essa a sina do Leão jogando como visitante nesta Série A. Contra o Corinthians, neste sábado, não foi diferente. O time começou bem a partida, teve uma excelente chance de abrir o placar nos primeiros minutos do primeiro tempo quando o jogo ainda estava 0 a 0, mas falhou com Felipe Azevedo. Sempre ele. O Timão não perdoou. E o Sport caiu naquilo que o técnico Eduardo Baptista mais alertou antes do jogo: seus próprios erros.

Resultado: a equipe rubro-negra saiu derrotada de campo. Pela sétima vez seguida fora de casa. Um recorde. Os gols da vitória por 3 a 0 foram marcados por Anderson Martins, Paolo Guerrero e Luciano. Na sequência de derrotas longe do Recife, não perca as contas. Já venceram o Leão o Figueirense, Flamengo, Fluminense, São Paulo, a Chapecoense, o Bahia e agora o Corinthians. Nesse período, já são 16 gols sofridos e apenas um marcado (de pênalti, ressalte-se).

O Leão agora terá pela frente mais uma missão complicada. Novamente como visitante. Pegará o Grêmio, às 22h da próxima quarta-feira, em Porto Alegre. Apesar da derrota, o time se manteve na nona posição, com 36 pontos. Já o Corinthians voltou a vencer no Brasileirão após chegar no jogo com o peso duas derrotas seguidas.

O jogo
O Sport não fez um mau primeiro tempo. Saiu perdendo por 1 a 0, mas ainda assim não chegou a fazer feio. A equipe pecou justamente naquilo que o técnico Eduardo Baptista mais pregou ao longo da semana: finalizações. “Vamos ter chances e não podemos errar se não pode sair caro", alertava o treinador. Dito e feito. Bem na marcação e saindo com eficiência para o ataque, o Leão chegou perto de abrir o placar por duas vezes. Ambas com Felipe Azevedo.

Na melhor delas, aos 11 minutos, Diego Souza deixou o atacante na cara do gol. Ousado, Azevedo tentou dar um “banho” no goleiro Cássio, que salvou o Timão. Não demorou muito para vir o castigo. Aos 24, Durval falhou por cima e Anderson Martins, sozinho, testou soberano para as redes. A partida se manteve equilibrada. Mesmo atrás do placar, o Leão não se afobou. Trocando passes, com os dois laterais apoiando, não abdicou do ataque. Por vezes, fez a equipe paulista se acuar na defesa. O empate não viria.

E quando todo mundo pensava que o Leão iria com tudo partir para o empate no segundo tempo, a decepção. O Sport caiu de produção. Retraiu-se. Não conseguiu nem criar, nem muito menos finalizar. Em nenhum momento assustou o Timão. Quando vacilou na marcação, sofreu o segundo. Aos 28, Felipe Azevedo perdeu a bola no meio de campo, o Timão avançou em contra-ataque rápido e Paolo Guerreiro mandou para as redes. Aos 47, o gol de misericórdia: Luciano. Os rubro-negros não demonstrariam qualquer poder de reação até o apito final.

 

FICHA DO JOGO

CORINTHIANS 3
Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Bruno Henrique, Elias, Petros e Renato Augusto (Danilo); Malcom (Luciano) e Paolo Guerrero (Romero).
Técnico: Mano Menezes.

SPORT 0
Magrão; Patric, Durval, Henrique Mattos e Renê; Willian (Zé Mário), Rithely, Ibson, Diego Souza e Felipe Azevedo (Ananias); Neto Baiano.
Técnico: Eduardo Baptista.

Local: Arena Corinthians, em São Paulo. Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC). Assistentes: Nadine Schramm Camara Bastos (SC) e Carlos Berkenbrock (SC). Gols: Anderson Martins, Guerrero e Luciano (COR). Cartão amarelo: Durval (SPT) Público: 29.437. Renda: não divulgada.
 
Do Super Esportes 
 

 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker