Página inicial
 
Mural de recados
19.09 | cleo
QUARTA DIA 20 , AS 16HS NO ANTONIO INÁCIO PORTO X DECISÃO D BONITO, VAMOS GANHAR ...
18.09 | MARCONDES
O PORTO MOSTROU Q TRABALHO E ORGANIZAÇÃO DÃO BONS FRUTOS, ESPERO Q O CENTRAL SE ...
18.09 | MARCOS LEITE
PARABENS O PORTO FEZ BARBA E CABELO COMO SE DIZ NA GIRIA DO FUTEBOL, GANHOU SÁBA ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/09/2014
12h47 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A -> Sport é batido pelo Bahia por 1 a 0 e chega a sexta derrota seguida como visitante na Série A
CLIQUE E CONFIRA.

Não percam as contas. Depois de Figueirense, Flamengo, Fluminense, São Paulo e Chapecoense, agora foi a vez do Bahia vencer o Sport, na noite desta quarta-feira, por 1 a 0, na Arena Fonte Nova. Foi a sua sexta derrota consecutiva rubro-negra atuando como visitante nesta Série A. Jogando dois tempos distintos, o Leão caiu de produção no segundo tempo e viu o Tricolor de Aço, mesmo bastante limitado tecnicamente, conseguir imprimir o seu ritmo, dominar e abrir o placar com Railan, aos 26 minutos da etapa final. Sem força ofensiva, o time do técnico Eduardo Baptista não conseguiu reagir. Já são sete jogos seguidos sem ganhar fora de casa.

 

Com o resultado negativo, o Sport se manteve com 35 pontos, na oitava posição. Com a conclusão da rodada nesta quinta-feira, o time pode perder no máximo uma posição (para o Santos). Já o Bahia, que estava na zona de rebaixamento, chega aos 26 pontos e respira fora do Z4. O Sport agora se prepara para receber o líder da Série A, o Cruzeiro, às 18h30 deste próximo, na Arena Pernambuco. Para a partida, o técnico Eduardo Baptista terá o retorno do lateral direito Patric, que cumpriu suspensão nesta rodada.

O Jogo
O Sport foi levemente superior ao Bahia no primeiro tempo. Com uma marcação eficiente combinada a uma troca de passes envolvente e um maior volume de jogo, o Leão chegou até a dominar o adversário nos minutos iniciais. Não em vão, logo construiu as melhores chances de gol da etapa. Em dois lances muito parecidos, Durval lançou Neto Baiano, que teve uma dupla chance de abrir o placar aos 5 e aos 24 minutos. Em ambas finalizou sem sucesso. Na melhor chance do jogo, Neto Baiano, Diego Souza e Ibson fizeram uma triangulação quase perfeita, não fosse a conclusão deste último para fora, com muito perigo, aos 25.

Ajustado, girando a bola com paciência, o Leão teve as rédeas da partida até a metade do primeiro tempo, quando o Bahia descobriu os espaços no lado esquerdo rubro-negro. Sem Danilo, que perdeu a vaga para Felipe Azevedo, Renê voltou a ter dificuldades. Ibson, que atuou pelo seu lado, não conseguia dar a mesma consistência defensiva e consequentemente desajustou o esquema. Apesar de ter conseguido equilibrar mais o jogo, o Tricolor de Aço, sem conseguir trocar passes com eficiência, não chegou a assustar para valer em nenhum momento.

O Bahia voltou melhor no segundo tempo. Ainda se aproveitando da avenida pelo seu lado direito, conseguia chegar à defesa rubro-negra. Os baianos se esbarravam nos próprio erros de finalização. Sorte do Sport, que se tocava bem e tinha boa pegada no primeiro tempo, caiu de produção. Depois de muito insistir, o Bahia chegou ao gol aos 26. Após bate-rebate dentro da área, Railan completou para as redes. Atrás no placar, o Leão até resolveu sair mais para o jogo. Muito mal ofensivamente, passou longe de conseguir o empate.

Ficha do jogo

Bahia 1
Marcelo Lomba; Railan, Demerson, Lucas Fonseca e Guilherme Santos; Uelliton, Rafael Miranda, Diego Macedo (Willian Bárbio) e Marcos Aurélio (Emanuel Biancucchi); Kieza e Rafinha (Fahel).
Técnico: Gilson Kleina.

Sport 0
Magrão; Vitor, Henrique Mattos, Durval e Renê; Rithely, Ronaldo (Wendel), Ibson (Ananias), Diego Souza e Felipe Azevedo (Danilo) e Neto Baiano.
Técnico: Eduardo Baptista.

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador. Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP). Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SO) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP). Gols: Railan (BAH). Cartões amarelos: Lucas Fonseca, Kieza (BAH); Ronaldo, Henrique Mattos, Diego Souza (SPT). Público: 13.453. Renda: R$ 254.815,00.
 
Do Super Esportes 

 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker