Página inicial
 
Mural de recados
23.06 | Danilo
http://sportv.globo.com/site/programas/ta-na-area/noticia/2017/06/empresario-ilu ...
23.06 | Duda
Eu acredito!!! Vamos meu Central, vamos sair dessa série D. Lícius tem feito o p ...
23.06 | MARCOS LEITE
CENTRALZÃO EM BUSCA DA CLASSIFICAÇÃO E A TORCIDA CHEGANDO DE MONTÃO NO LACERDÃO, ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
17/08/2014
20h30 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A -> Sport empata com Atlético-PR na Ilha do Retiro e aumenta série sem vitórias na Série A: 1x1
Clique e Confira.
São agora três jogos seguidos sem vitórias. Neste domingo, depois de ter perdido nas duas rodadas passadas da Série A, o Sport ficou apenas num empate de 1 a 1 contra o Atlético Paranaense, na Ilha do Retiro. Apesar do gol do estreante meia Régis, os rubro-negros voltaram a apresentar falhas no setor ofensivo. Chegou a buscar o empate. Mas, novamente, o Leão não foi capaz de virar o placar. Algo que os leoninos, aliás, ainda não conseguiram fazer nenhuma vez nesta temporada. A equipe de Eduardo Baptista volta às atenções para a partida de quarta-feira, na Arena Pernambuco, diante do Palmeiras.

O Sport começou o jogo mais audaz que os adversários. De imediato, já com 40 segundos, Erico Júnior teve a chance de abrir o placar. Esteve cara a cara com Weverton e chutou em cima do goleiro atleticano. Conforme havia planejado o técnico Eduardo Baptista durante os treinos da semana, a válvula de escape do Leão (novamente no 4-3-2-1) era mesmo Erico, pela direita. Funcionando um ponta, o atleta, por sua vez, pecava em um defeito antigo seu. Ainda não corrigido. Fazia as jogadas de maneira correta. Mas errava no último passe e colocava tudo a perder. A bola, por consequência, pouco chegava em Neto Baiano. Felipe Azevedo (pelo lado esquerdo) e o meia Régis também pouco ajudavam.

Embora com mais posse de bola e no controle da partida, os rubro-negros acabaram sofrendo o gol. Bady bateu uma falta quase do meio-campo. Ninguém da defesa do Sport subiu para evitar o pior. O zagueiro Cleberson aproveitou-se. Completou, de cabeça, no canto direito de Magrão - aos 24 do primeiro tempo: 1 a 0. O gol do Furacão não pareceu esmorecer o time de Baptista. A equipe pernambucana lançou-se ainda mais ao ataque. Pressionou em uma sequência de escanteios. Wendel e Renê tentaram. Weverton salvou os visitantes duas vezes.

Edvaldo Rodrigues/DP/D.A Press
O gol do Sport, contudo, veio só aos 39. Após uma falta na entrada da área chutada por Wendel na barreira e depois na zaga, a bola sobrou para o estreante Régis. Àquele momento, o meia era pouco participativo, embora mostrasse bastante lucidez quando tinha a bola nos pés. Com a "sombra" dos midiáticos reforços Diego Souza e Ibson, não poderia desperdiçar a oportunidade. Brindou a torcida com o empate.

Segundo tempo
O Atlético voltou do intervalo ainda mais cauteloso. Quis trazer o Sport para o seu campo e tirar vantagem nos contra-ataques. A marcação leonina foi eficiente e não permitiu isso. A não ser em chutes de longe. Já do meio para a frente, a situação era complicada. Ainda afligido por problemas físicos, Régis deixou o campo. Zé Mario entrou. A partir daí, os recifenses decaíram ainda mais criação. Chegava ao ataque mais na base da vontade. Baptista fez mudanças no setor. Praticamente em vão.

Sport 1
Magrão; Patric, Oswaldo, Durval e Renê; Wendel, Rithely, Felipe Azevedo (Ailton), Erico Júnior (Ananias) e Régis (Zé Mário); Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista.

Atlético Paranaense 1
Weverton; Sueliton, Cleberson, Léo Pereira e Natanael; Deivid, João Paulo, Bady (Dellatorre) e Marcos Guilherme (Douglas Coutinho); Marcelo Cirino e Cléo (Otávio). Técnico: Doriva.

Estádio: Ilha do Retiro (Recife-PE)
Árbitro: Vinícius Furlán-SP
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e Vicente Romano Neto, ambos de SP
Gols: Cléberson (24' do 1T, Atlético) e Régis (39' do 1T, Sport)
Cartões amarelos: Régis, Wendel e Felipe Azevedo (Sport); João Paulo, Deivid e Cléberson (Atlético Paranaense)
Público: 14.210
Renda: R$ 229.450
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker