Página inicial
 
Mural de recados
25.04 | Jose Helio Pessoa
DODEIRO NÃO ATRAPALHA....O CENTRAL SÓ NÃO É MAIOR DO QUE SUA LOUCURA...TIRAR LI ...
25.04 | Patativa
Que time é esse em ? O vexame vai ser pior do q do ano passado jogadores que nun ...
25.04 | Patativa
Quem tem que sair é esse bodeiro que nunca fez nada pelo central e só faz atrapa ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
15/05/2014
22h07 | esportes - COPA DO BRASIL
COPA DO BRASIL -> Sport perde para o Paysandu por 2 a 1 e está mais próximo da Copa Sul-Americana
Clique e Confira.

 

Derrota por 2 a 1 não fere as reais intenções do Sport, que já pensa na Copa Sul-Americana (ANTÔNIO CÍCERO/ESTADÃO CONTEÚDO)
Derrota por 2 a 1 não fere as reais intenções do Sport, que já pensa na Copa Sul-Americana
O Sport está mais perto de concretizar a participação na Copa Sul-Americana 2014. A frase pode soar estranha para uma equipe que perdeu. Mas é exatamente isso. Jogando com o time composto exclusivamente por reservas, o Leão foi derrotado pelo Paysandu por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, jogando no estádio Mangueirão, em Belém. Os gols do Papão foram marcados por Yago Pikachu e Macos Paraná; Felipe Azevedo descontou para o Leão. O jogo da volta agora só acontecerá em 24 julho, na Ilha do Retiro, depois da Copa do Mundo.

A própria diretoria do Sport já definiu que a prioridade do clube é disputar a Copa Sul-Americana. Para tanto, precisa ser eliminado do torneio nacional. Sendo assim, pode se concluir que o resultado desta noite não foi dos piores, visto que, pelo menos, o técnico Eduardo Baptista (que sequer viajou com o time) pôde observar atletas que não vinham atuando - como o uruguaio Robert Flores, por exemplo. Apesar de tudo, vale ressaltar que em nenhum momento a equipe pareceu fazer corpo mole durante o jogo ou procurar um resultado diferente da vitória.

 

 

O Sport voltaria a jogar no próximo domingo, contra o Bahia, na Ilha do Retiro. Porém, em virtude do caos que tomou conta do Recife em razão da greve da Polícia MIlitar (agora, já encerrada), a partida foi adiada para o dia 4 de junho). Portanto, o Leão somente voltará a jogar na próxima quarta-feira, contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte, pela Série A. O elenco titular, que ficou no Recife, volta a treinar na manhã desta sexta-feira, na Ilha do Retiro.

O jogo
Com o gramado pesado, castigado pelas chuvas em Belém, a bola rolou com dificuldade. Durante todo o primeiro tempo, as chances de gols foram escassas. O Sport nem sofreu e nem levou perigo ao Papão. Pikachu assustou aos oito minutos, Wendel respondeu aos 15 na jogada de Robert Flores, a única de fato trabalhada pelo Leão. Nada que tenha levado muito perigo. Na verdade, os goleiros mal tiveram trabalho em toda etapa inicial. Os sistemas defensivos prevaleceram em relação aos ataques. “O campo está atrapalhando, estamos equipe muito rápida e leve”, disse o atacante Felipe Azevedo na saída para o intervalo.

No segundo tempo, o campo não foi empecilho. A partida ganhou em movimentação. E os gols saíram. Aos cinco minutos, Lima bateu cruzado e Pikachu escorou, livre, para as redes. O gol acordou o Leão. Felipe Azevedo parou no goleiro aos sete. Um minuto depois, o empate. O mesmo Felipe Azevedo recebeu bom passe de Ronaldo e fez bonito gol.

O Sport cresceu na partida. Passou a pressionar o adversário em alguns momentos. E quando parecia que o gol da virada estava maduro, eis que Marcos Paraná, que havia entrado há pouco no jogo, recebeu lançamento e colocou o Papão novamente na frente. O Leão até tentou esboçar uma nova reação, mas parou no sistema defensivo aplicado da equipe paraense.

Ficha do jogo

 

 

Paysandu 2
Paulo Rafael; Djalma (Ricardo Capanema - aos 31’ do 2°T), Charles, João Paulo e Airton (Marcos Paraná - aos 19’ do 2º T); Augusto Recife, Pablo, Zé Antônio e Yago Pikachu; Lima e Jô (Leandro Carvalho - aos 19’ do 2º T).
Técnico: Mazola Júnior.

Sport 1
Saulo; Bileu, Enrique Meza, Ewerton Páscoa e Igor; Wendel, Ronaldo, Neto (Bruninho - aos 41’ do 2ºT e Robert Flores (Sandrinho - aos 29’ do 2°T); Érico Júnior (Joelinton - aos 35’ do 2°T) e Felipe Azevedo.
Técnico (interino): Pedro Gama.

Local: Mangueirão, em Belém. Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF). Assistentes: José Araújo Sabino (DF) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF).
Gols: (P) Yago Pikachu (aos 5’ do 2°T) e Marcos Paraná (aos 28’ do 2°T); (S) Felipe Azevedo (aos 9’ do 2°T).
Cartões amarelos: (P) Augusto Recife (aos 5’ do 2°T), Charles (aos 31’ do 2ºT), Marcos Paraná (aos 36’ do 2ºT); (S) Érico Júnior (aos 36’ do 1°T), Felipe Azevedo (aos 30’ do 2°T), Ronaldo (aos 34’ do 2°T).
Público: 6.665.
Renda: R$ 66.120,00.
 
Do Super Esportes 

 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker