Página inicial
 
Mural de recados
27.05 | Aldery
Ao que parece o gramado melhorou muito, e com a chuva deste sábado 27/5 - vai me ...
27.05 | DANIEL Barros
Central, uma propriedade futebolista histórica de Caruaru. Entre os torcedore ...
27.05 | Patativa
Lugar de centralino é no lacerdao neste domingo vamos mostrar nossa força e espe ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
11/05/2014
21h30 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A <> Na raça, Sport vence o Coritiba por 1×0 e se recupera no Brasileirão
Clique e Confira.

 

Neto Baiano não teve nenhuma chance real de balançar as redes para o Leão em Curitiba (JOKA MADRUGA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃ%u0192O CONTEÃ%u0161DO)
Neto Baiano não teve nenhuma chance real de balançar as redes para o Leão em Curitiba
Uma bola. Bem ao seu estilo, o Sport fez um jogo pautado pela disciplina tática, aplicando uma forte marcação e jogando nos espaços cedidos pelo Coritiba. Um jogo morno no Couto Pereira. Pelo menos, até os 40 minutos do segundo tempo, quando Rithely aproveitou o rebote da cobrança de falta de Neto Baiano para decretar a vitória leonina. Com o triunfo, o primeiro fora de casa neste Brasileiro, os rubro-negros chegaram aos sete pontos, saltando para a 6ª posição. Agora, depois de duas rodadas longe de seus domínios, o próximo compromisso pela Série A é com o Bahia, no domingo, na Ilha do Retiro. Mas antes, o Sport encara o Paysandu, no Mangueirão, quinta-feira, pela Copa do Brasil.

 

 

Sport encontrou dificuldades no início da partida, principalmente na saída de bola (facebokk / Coritiba)
Sport encontrou dificuldades no início da partida, principalmente na saída de bola
Mesmo armado com uma formação inédita pelo técnico Eduardo Baptista, o Sport manteve sua proposta de forte marcação e contra-ataques rápidos. E o cenário observado em outras rodadas se repetiu também no Couto Pereira. Jogando em casa, o Coritiba tinha mais volume e força ofensiva. Entretanto, o bom posicionamento do Leão diminuía os riscos das investidas do Coxa Branca. Além disso, os rubro-negros davam motivos para que a zaga coritibana se mantivesse alerta - ainda que em lances pontuais. Não por acaso, foi da equipe pernambucana a melhor chance da etapa inicial, quando no último lance, o atacante Leonardo arriscou um bom chute de fora da área, obrigando o goleiro Vanderlei a espalmar a bola pela linha de fundo.

 

 

No entanto, logo em sua primeira boa investida no segundo tempo, o Coritiba deixou claro que não abriria mão do controle da partida com facilidade. Numa boa jogada pela direita, Norberto se livrou da marcação de Rodrigo Mancha, chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro. O ex-rubro-negro Moacir tentou completar de letra, mas furou e a bola passou limpa por toda a extensão da pequena área leonina. Pouco depois, Alex carimbou o travessão de Magrão aproveitando o passe errado de Renan Oliveira.


Foi a deixa para Eduardo Baptista mexer em sua equipe. Com Danilo na vaga de Renan Oliveira, o Sport cresceu ofensivamente, deixando o jogo mais aberto, uma vez que o Coritiba não abriu mão de sua postura. Mas pouco depois de desperdiçar um bom cruzamento, Danilo torceu o tornozelo direito e precisou ser substituído por Igor. A partir daí, o jogo ficou mais truncado entre as intermediárias. Entretanto, quando o 0 a 0 começava a virar uma realidade, o Leão marcou o gol da vitória. Aos 40 minutos, o goleiro Vanderlei espalmou a cobrança de falta de Neto Baiano e, no rebote, Rithely empurrou para dentro.

 

Ficha do Jogo

 

Coritiba 0
Vanderlei; Moacir (Roni, aos 27’ do 2º T), Luccas Claro, Leandro Almeida e Carlinhos (Dener, no intervalo); Baraka, Chico, Norberto, Alex (Geraldo, aos 17’ do 2º T) e Jajá; Zé Love. Técnico: Celso Roth.

 

Sport 1
Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Augusto (Felipe Azevedo, aos 26’ do 2º T), Rithely e Renan Oliveira (Danilo, aos 14’ do 2º T) (Igor, aos 32’ do 2º T); Neto Baiano e Leonardo.Técnico: Eduardo Baptista.

 

Local: Estádio Couto Pereira (Curitiba).
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (Asp. Fifa-RS).
Assistentes: Rafael da Silva Alves (Asp. Fifa-RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS).
Gols: Rithely (40’ do 2º T)
Cartões amarelos: Carlinhos, Chico, Leandro Almeida (Coritiba) e Leonardo (Sport)
Público: 12.509.
Renda: R$ 165.586,00.

Do Super Esportes 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker