Página inicial
 
Mural de recados
22.06 | Paulo alvinegro
Pois é patativa também dei a viagem perdida não tinha ingresso nenhum na sede o ...
22.06 | Patativa
O central e seu amadorismo fui até o lacerdao nesta quinta feira comprar meu ing ...
22.06 | José
Boa tarde Warley, Se caso o central empatar essa partida, ele ta classificado ? ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
21/04/2014
10h51 | esportes - SPORT
SPORT: Após estreia na Série A, foco do rubro negro se volta novamente para o Náutico
Clique e Confira.
Estreando na Série A como treinador, Eduardo Baptista foi um misto de chateação e comemoração ao fim do empate com o Santos. Em meio a respostas ríspidas aos jornalistas paulistas que tentavam “intimidar” o técnico rubro-negro, Baptista afirmou que, por ora, a Série A ficará de lado. O foco, a partir de hoje, será total na decisão do Pernambucano.

Treinador rubro-negro não quer Leão só se defendendo na Arena Pernambuco (Paulo Paiva/DP/D.A Press )
Treinador rubro-negro não quer Leão só se defendendo na Arena Pernambuco
Para tanto, apesar de o Sport jogar pelo empate para ser campeão, o treinador não deverá repetir a estratégia utilizada contra o Santos. Mais do que se defender, o Leão vai sair para o jogo na Arena Pernambuco. “Se você entrar para empatar, você fatalmente irá perder. O Sport tem que jogar, se impor e ter a posse de bola. Marcar o Náutico, é claro. É um adversário difícil. Com certeza virá para cima. Mas tem que ter equilíbrio.”

Sobre a partida de ontem, Baptista preferiu deixar as polêmicas que giraram em torno do gol santista e comemorou o ponto trazido para o Recife. “É um ponto importante. Agredimos o adversário e fomos para cima. Um dos nossos objetivos era vir para Santos e conseguir pontos”, analisou.

O único fato que tirou a paciência do treinador, na verdade, foi um questionamento de um jornalista paulista, que insistia em dizer que o Leão foi com o pensamento de não perder para a Vila. “Eu não vim aqui para perder. Eu vim aqui para jogar futebol. É esse respeito pelo Sport que vocês aqui de São Paulo tem que ter”, desabafou.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker