Página inicial
 
Mural de recados
22.11 | CLEO
VERDADE MARCONDES ESSA É A HORA DA MASSA ALVINEGRA AJUDAR O CENTRALZÃO. ...
22.11 | MARCONDES
TODOS UNIDOS PELO CENTRAL, IMPRENSA, DIRETORIA E TORCIDA SÓ ASSIM O CENTRAL VAI ...
22.11 | paulo
ESSE BABACA DA PATATIVA DEVE SER TORCEDOR DO SPORTE RECIFE ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/10/2013
14h09 | esportes - SPORT
SPORT > Com problemas de lesões e suspensão, Geninho já testou todos os zagueiros
Clique e Confira.
Logo quando chegou ao Sport, o técnico Geninho decidiu acatar a formação idealizada por Neco para a partida com o Figueirense, que tinha três zagueiros. Não havia tempo para treinar, já que ele desembarcou no Recife na véspera do jogo e então, o melhor a fazer era manter o que foi trabalhado durante a semana. No 3-5-2, um problema crônico da era Martelotte parecia começar a se resolver: o Leão levava muitos gols, chegando a ter a pior defesa da Série B.

Realmente, o esquema com três zagueiros funcionou nos dois primeiros jogos de Geninho à frente do Sport e até mesmo no terceiro, apesar da derrota por 2 a 1 para o Palmeiras. Mas quando se pensava que a solução para os problemas defensivos rubro-negros havia sido encontrada, eis que outro obstáculo surge: o setor foi incrivelmente atingido por desfalques, por lesão e cartões amarelos, impondo uma alta rotatividade na posição.

Nos sete jogos disputados desde o encontro com o Figueirense, o Sport usou todos os jogadores de defesa do atual elenco. Foram seis atletas escalados como titulares pelo menos uma vez. Por conta da série de lesões e também pelas suspensões, após a partida com o Palmeiras, Geninho teve que abdicar do esquema com três defensores. Depois disso, utilizou o 3-5-2 uma vez, diante do Joinville, e nos dois últimos confrontos foi forçado novamente a voltar ao 4-4-2.

Casos
O primeiro problema por lesão foi de Vinícius Simon, que se machucou no confronto com o Palmeiras. Diante do Joinville foram duas baixas de uma vez: Pereira e Oswaldo. Sem falar que, nesse período, Toby e Gabriel também chegaram a desfalcar a equipe, devido a suspensões. Pereira, Oswaldo e Simon seguem em recuperação das lesões. Quem se junta a eles como desfalque para o jogo com o Oeste, sábado, é Toby. Ele levou uma pancada na cabeça em um lance com Magrão e ficará em observação por recomendação médica durante uma semana.

Restaram ao treinador Ailson, última opção no elenco para o setor, mas que foi titular contra o Avaí, e Gabriel, integrado ao grupo após ficar de fora do confronto passado por conta de suspensão. Na reserva, Rafael Pereira, volante, mas que também atua como zagueiro, é o plano emergencial para ser utilizado durante a partida, caso seja necessário.

Saiba mais

Números da alta rotatividade

7 partidas disputadas no período

6 jogadores utilizados

5 formações diferentes de zaga

2 esquemas táticos
(4-4-2 e 3-5-2)

Individualmente*

Pereira 5 jogos

Toby 5 jogos

Vinícius Simon 3 jogos

Oswaldo 3 jogos

Gabriel 1 jogo

Ailson 1 jogo

*sob o comando de Geninho
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker