Página inicial
 
Mural de recados
20.08 | Jose Helio Pessoa
Bom dia centralinos, surge uma esperança na história do nosso querido Central de ...
19.08 | Gustavo
O Atletico do Acre conseguio o acesso pra serie C com uma folha salarial de 60 m ...
19.08 | Antonio do Salgado
Com certeza ja deram um ninha em Airton Junior, e sobre a outra chapa kd o Alexa ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
09/09/2013
14h42 | esportes - SPORT
SPORT > Adílson Batista surge como nome forte para dirigir o leão
Oferecimento: Rádio Liberdade AM (910)
A diretoria do Sport segue em busca do novo treinador para comandar a equipe na Série B. E entre conversar e reuniões, um nome que ganha força nos bastidores da Ilha do Retiro é o de Adílson Batista, que já dirigiu o rubro-negro em 2005 e que foi demitido do Figueirense no mês passado.

O executivo de futebol do Sport, Marcos Amaral, não poupou elogios ao treinador, apesar de afirmar que as atenções estão voltadas para o jogo desta terça-feira, contra o ABC, em Natal.

"Adílson não é um bom nome. É um excelente nome. Trabalhei com ele no Sport em 2005 e sei do trabalho e da competência dele. Mas ficou acertado com o presidente (Luciano Bivar) que não vamos falar de nomes, nem hipóteses. No momento, o nosso treinador é Neco e estamos tratando apenas do jogo do ABC", afirmou o dirigente, que está com a delegação na capital potiguar.

No seu currículo, além de Sport e Figueirense, Adílson Batista, de 45 anos, também coleciona passagens por clubes como Grêmio, Cruzeiro, Corinthians, Santos e São Paulo, o que também atenderia outra exigência da diretoria do Sport: a do novo treinador ser um profissional "experiente".

Antes favorito, Caio Júnior vai perdendo força. Um dos motivos seria o alto salário do treinador, que gira em torno de R$ 180 mil. Além disso, há rejeição ao nome dentro do próprio Sport.
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker