Página inicial
 
Mural de recados
27.05 | Alex
É o fim da picada a contratação de Candinho, juntando todos os atacantes não dá ...
26.05 | marcelo
Concordo plenamente com voce paulo esses reporteres das radios de caruaru sao do ...
26.05 | Davi
Infelizmente o editor desse blog não publicou meu comentário, so sei de uma cois ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/08/2013
10h40 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B > São Caetano 2x1 Sport
Oferecimento: Bezerra Engenharia

 

MARCOS BEZERRA/FUTURA PRESS
Felipe Azevedo foi responsável pela assistência pra o gol de Nunes, mas não conseguiu balançar as redes mais uma vez
O jogo era ideal para ratificar a reação do Sport na Série B. O São Caetano vinha abalado, carregando nas costas duas derrotas seguidas - e de virada. Nas arquibancadas, a torcida rubro-negra estava em maior número. O Anacleto Campanella era praticamente um campo neutro. Após uma vitória fora de casa contra o ASA, se esperava mais do Leão no ABC Paulista, neste sábado. Mas, ainda oscilante no campeonato, a equipe pernambucana deixou transparecer erros antigos e acabou perdendo para o Azulão: 2 a 1. Perdeu, de quebra, a oportunidade de voltar a ter uma "gordura" na competição para a manutenção no G4. Um outro vacilo na próxima rodada poderá tirar a equipe da zona de acesso à elite.

Não demorou muito para o São Caetano mostrar o seu cartão de visitas. No seu primeiro lance de ataque do jogo, ainda com menos de dois minutos de bola rolando, Giancarlo recebeu um cruzamento na pequena área e deixou para Wagner Carioca abrir a contagem, com um chute forte no canto esquerdo de Magrão: 1 a 0. A defesa do Sport assistiu a tudo inerte, em uma jogada que à princípio parecia despretensiosa. O gol não despertou o Leão, que continuou desligado e demonstrando pouca capacidade ofensiva para sair da desvantagem. 

Um dos temores dos torcedores rubro-negros antes da partida voltava-se, justamente, para o setor de ataque, sem Marcos Aurélio, suspenso. Felipe Azevedo, novamente, pouco produziu. Roger, por sua vez, ainda não voltou a render desde quando se recuperou da lesão no pé direito. Até tentou, mas também protagonizou lances lastimáveis. Com o decorrer do tempo, no entanto, o São Caetano foi apresentando os seus pontos falhos. O Sport começou a ter mais posse de bola, e os paulistas já pouco preocupavam o Leão. Restava aos leoninos saberem aproveitar as limitações do adversário. Não conseguiram na etapa inicial.

O segundo ato da partida começou e seguiu em ritmo arrefecido até pouco antes da sua metade. Nesse tempo, o Azulão quase marca depois que o lateral Patric cortou errado nos pés de Samuel, que chutou nas mãos de Magrão. Os mandantes cresceram em campo e chegaram a igular as ações. O Sport continuava inopertante no ataque e lento na saída de jogo. Única coisa que fez foi um chute de longe de Lucas Lima. Aos 25, veio mais um golpe nos rubro-negros. Fred cobrou falta e fez o segundo do time da casa no Anacleto Campanella.

A equipe pernambucana até tentou reagir. Nunes, que acabara de entrar no posto de Roger, recebeu cruzamento de Felipe Azevedo e diminuiu o placar: 2 a 1. Em vão. Sem forças, os comandandos de Marcelo Martelotte não esboçaram pressão e acumularam a sexta derrota na Série B do Campeonato Brasileiro.  

São Caetano
Santos; Samuel Santos, Douglas Grolli, Fred e Diego; Moradei, Pirão, Wagner Carioca e Danilo Bueno (Renato Ribeiro); Giancarlo (Jael) e Geovane (Siloé). Técnico: Marcelo Veiga.

Sport
Magrão; Patric, Pereira (Gabriel Santos), Tobi e Marcelo Cordeiro; Anderson Pedra, Rithely, Lucas Lima, e Camilo (Patrick Silva); Roger (Nunes) e Felipe Azevedo. Técnico: Marcelo Martelotte

Estádio: Anacleto Campanella (São Caetano-SP)
Árbitro: Célio Amorim/SC
Assistentes: Antônio Luiz Lugo e Vanessa de Abreu Amaral, ambos do MT
Gols: Danilo Bueno (1 minuto do 1ºT, São Caetano), Fred (25 minutos do 2ºT, São Caetano) e Nunes (31 minutos do 2ºT, Sport)
Cartões amarelos: Wagner Carioca, Pirão (São Caetano)
Público: 877

.
 
 
 
eXTReMe Tracker