Página inicial
 
Mural de recados
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
26.04 | Beltrão
A próxima contratação do Central vem do : A) veloclube B) aeroclube C) Cineclub ...
25.04 | Jose Helio Pessoa
DODEIRO NÃO ATRAPALHA....O CENTRAL SÓ NÃO É MAIOR DO QUE SUA LOUCURA...TIRAR LI ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
05/07/2013
23h15 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B > Com boa atuação, Sport vence Joinville fora de casa em jogo de cinco gols - 3x2
Oferecimento: Bezerra Engenharia
O técnico Marcelo Martelotte parece ter aproveitado bem o recesso durante a Copa das Confederações. Ainda que o Sport não tenha se reforçado como seus torcedores gostariam, o time apresentou uma importante mudança de postura. Apesar de algumas falhas pontuais, o Leão se impôs, conquistando uma importante vitória em Santa Catarina. A vitória por 3 a 2 sobre o ainda vice-líder, o Joinville, deixou os rubro-negros otimistas.

Não foi preciso muito tempo para perceber as mudanças que o Sport sofreu durante o recesso. Apesar de o time que entrou em campo ter sido basicamente o mesmo que enfrentou o Bragantino antes do início da Copa das Confederações, os rubro-negros podiam contar com um importante reforço: a atitude. Uma das principais carências do time parece começar a ser resolvida. Com a marcação mais encaixada e o time mais compacto, os rubro-negros sobreviveram à pressão inicial do Joinville.

Seguro no jogo, o Leão teve a primeira oportunidade somente aos 12 minutos. E soube aproveitá-la. Aproveitando uma bobeira da zaga adversária, Marcos Aurélio deu uma bela enfiada para Camilo. Com a defesa desarrumada, o meia teve liberdade para invadir a área, limpar um marcador e bater cruzado, abrindo o placar. Com a vantagem no placar, os rubro-negros passaram a valorizar a posse de bola, administrando a vantagem até o intervalo.

O Joinville voltou disposto a igualar o confronto, mas acabou piorando sua própria situação. Sem conseguir espaço para finalizar com qualidade, a equipe catarinense acabou cedendo um contra-ataque fatal. Numa boa troca de passes com Felipe Azevedo, Marcos Aurélio mostrou que merece a titularidade. Da entrada da área, com um chute rasteiro no canto, ele ampliou a vantagem leonina. Mas sequer houve tempo para comemoração. Assim que bateu o centro, o Joinville contou com as trapalhadas do estreante Patrick e do veterano Tobi e diminuiu com um gol de Lima, que tornou-se o maior artilheiro da história do JEC.

Apesar do golpe, os rubro-negros seguiam com boas chances de voltar de Santa Catarina com a vitória. Mas a tradicional displicência deste elenco voltou. Suficiente para Martelotte mexer no time, trocando o atacante Felipe Azevedo pelo volante Renan, que mais tarde se tornaria o personagem do jogo. Pouco depois, o árbitro Rodrigo Batista Raposo, que já vinha com um desempenho bastante confuso, marcou um pênalti duvidoso em favor da equipe da casa. Na cobrança, Lima usou a ilegal paradinha para deslocar Magrão e empatar.

E quando parecia que o Joinville alcançaria a virada, veio a resposta do Leão. Numa descida veloz pela esquerda, Rithely tocou para Lucas Lima que percebeu a entrada livre de Renan, que já chegou finalizando para marcar o gol que decretou a vitória rubro-negra. Com o resultado, o Leão chegou aos 12 pontos, colando no G4. O próximo compromisso da equipe de Martelotte é com o América-RN, no Rio Grande do Norte.

Joinville
Ivan; Carlos Alberto (Eduardo), Sandro, Rafael (Wellington Bruno) e Rafinha; Augusto Recife, Marcus Vinícius, Ricardinho e Marcelo Costa (Kim); Lima e Ronaldo. Técnico: Arturzinho.

Sport
Magrão; Patrick, Pereira, Tobi (Renan) e Marcelo Cordeiro; Anderson Pedra, Rithely, Lucas Lima e Camilo (Roger); Marcos Aurelio e Felipe Azevedo. Técnico: Marcelo Martellote.

Local: Arena Joinville.
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e José Reinaldo Júnior (DF)
Gols: Lima (J) Camilo e Marcos Aurélio (S)
Cartões amarelos: Rafael, Ivan, Ronaldo, Lima (J), Rithely, Anderson Pedra, Tobi, Renan, Roger e Marcos Aurélio (S).
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker