Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/11/2016
23h22 | esportes - ELIMINATÓRIAS
ELIMINATÓRIAS - Venezuela massacra a Bolívia e vence a primeira: 5x0

A Venezuela recebeu a Bolívia nesta quinta-feira, no Estádio Monumental de Maturín, e não deu chances para o adversário. Com gol do atleticano Otero, a seleção Vinotinto conseguiu uma grande goleada pelo placar de 5 a 0 e chegou à sua primeira vitória nas Eliminatórias Sul-Americanas.

Com o resultado, a Venezuela chegou aos cinco pontos e alcançou a nona colocação das Eliminatórias, deixando a Bolívia segurando a lanterna, com quatro.

Na próxima terça-feira, a Bolívia abre a 12ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas recebendo o Paraguai, às 18h(de Brasília), no Estádio Hernando Siles. Já a Venezuela entra em campo um pouco mais tarde, às 19h(de Brasília), visitando o Equador, no Estádio Olímpico de Atahualpa.

Venezuela massacrou a Bolívia nesta quinta-feira, vencendo pelo placar de 5 a 0 (Foto: George Castellanos/AFP)
Venezuela massacrou a Bolívia nesta quinta-feira, vencendo pelo placar de 5 a 0 (Foto: George Castellanos/AFP)

O jogo – A Venezuela começou a partida com tudo e não deu chances para a Bolívia se postar defensivamente dentro de campo. Logo aos dois minutos, Kouffati aproveitou bola alta na área e mandou de cabeça para abrir o placar para os donos da casa.

A Vinotinto ampliou o placar logo na sequência. Após escanteio cobrado para a área, aos nove minutos, Josef Martínez subiu mais alto que a defesa e, assim como no primeiro gol, mandou de cabeça para balançar as redes e fazer o segundo dos venezuelanos.

Após os dois gols da Venezuela logo no início, o jogo perdeu em intensidade, já que a Bolívia pouco conseguia criar para chegar ao empate. Com isso, a Vinotinto seguiu dominando a partida e criando algumas chances. Aos 35 minutos, Alexander González arriscou de fora da área e levou muito perigo ao gol defendido por Lampe.

Sem outras grandes emoções, o duelo foi para o intervalo com a Venezuela segurando a boa vantagem por 2 a 0.

Otero fez um dos gols da goleada venezuelana (Foto: Juan Barreto/AFP)
Otero fez um dos gols da goleada venezuelana (Foto: Juan Barreto/AFP)

A partida voltou para o segundo tempo, porém, sem nenhuma novidade nos rumos do jogo. A venezuela seguia dominando o duelo e criando as melhores chances, como aos cinco minutos, em cobrança de falta perigosa de Otero.

Sem sustos, a seleção Vinotinto passou a dominar o ritmo do jogo e construir o placar sem grandes dificuldades. Aos 22 minutos, Josef Martínez aproveitou rebote do goleiro e completou para a rede para fazer seu segundo na partida e o terceiro da Venezuela.

Já aos 25, novamente Martínez apareceu para tocar por cima do goleiro Lampe e anotar o quarto dos mandantes e completar seu hat-trick na partida.

Ainda deu tempo para o meia Otero deixar o seu. O jogador do Atlético-MG aproveitou jogada de Murilo, aos 28 minutos, e completou para a rede para fechar a goleada no Estádio Monumental.

FICHA TÉCNICA
VENEZUELA 5 X 0 BOLÍVIA
Local: Estádio Monumental, em Maturín (Venezuela)
Data: 10 de novembro de 2016 (Quinta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Andres Cunha (Uruguai)
Assistentes: Richard Trinidad (Uruguai) e Horacio Ferreiro (Uruguai)
Público: 45.850 presentes
Cartões Amarelos: Edemir Rodríguez e Rodrigo Ramallo(Bolívia)
Cartões Vermelhos: Nenhum
GOLS:
VENEZUELA – Kouffati, aos dois minutos do primeiro tempo, Josef Martínez, aos nove minutos do primeiro tempo, e aos 22 e aos 25 do segundo tempo, e Otero, aos 28 minutos do segundo tempo
 
VENEZUELA: Dani Hernández, Alexander González, Vizcarrondo, Villanueva e Feltscher; Rincón, Zambrano, Otero(Luis González) e Jhon Murillo; Josef Martínez(Christian Santos) e Kouffati(Figuera)
Técnico: Rafael Dudamel
 
BOLÍVIA: Lampe, Rodríguez, Raldes, Zenteno e Bejarano; Veizaga(Castro), Azogue, Diego Wayar e Yasmani Duk(Zoch); Marcelo Moreno e Rodrigo Ramallo(Campos)
Técnico: Ángel Guillermo Hoyos
GAZETA ESPORTIVA 

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker