Página inicial
 
Mural de recados
22.06 | Paulo alvinegro
Pois é patativa também dei a viagem perdida não tinha ingresso nenhum na sede o ...
22.06 | Patativa
O central e seu amadorismo fui até o lacerdao nesta quinta feira comprar meu ing ...
22.06 | José
Boa tarde Warley, Se caso o central empatar essa partida, ele ta classificado ? ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/11/2016
23h02 | esportes - ELIMINATÓRIAS
ELIMINATÓRIAS -> Uruguai vence o Equador e segue firme na vice-liderança: 2x1
O Uruguai recebeu o Equador nesta quinta-feira, no Estádio Centenário, pela 11ª rodada das Eliminatórias da Copa e, mesmo sem uma atuação de levantar sua torcida, conquistou um importante triunfo ao bater os equatorianos pelo placar de 2 a 1.

Com a vitória, a Celeste Olímpica chegou aos 23 pontos na tabela das Eliminatórias Sul-Americanas e se firmou na segunda posição, abrindo boa vantagem para a terceira colocada Colômbia, que tem 18. Já o Equador caiu para o quarto lugar, com 17 pontos, mas segue no grupo de classificação para a Copa do Mundo de 2018.

As duas seleções voltam a campo pelas Eliminatórias na próxima terça-feira. Às 19h(de Brasília), o Equador recebe a Venezuela, no Estádio Olímpico de Atahualpa. O Uruguai jogará um pouco mais tarde, às 21h30(de Brasília), quando visita o Chile, no Estádio Nacional de Santiago.

O jogo – O Uruguai começou a partida tentando tomar a iniciativa das ações ofensivas. A primeira boa chance aconteceu aos nove minutos. Suárez deu um toque de primeira para Stuani, que dominou na entrada da área e bateu cruzado. A bola tirou tinta da trave, mas foi para fora.

Se não marcou neste lance, não demorou muito para a Celeste Olímpica sair na frente do placar. Aos 12 minutos, Coates aproveitou cobrança de escanteio para a área e apareceu livre para completar de barriga e balançar as redes no Estádio Centenário.

Após ficar em desvantagem, a seleção equatoriana passou a abrir mão do contra-ataque e tentar a propor mais o jogo. Os visitantes, porém, pouco conseguiam criar. A melhor chance aconteceu aos 25 minutos. Bolaños invadiu a área uruguaia livre de marcação, porém, tentou ajeitar o corpo para bater de perna direita e acabou deixando a defesa se recuperar, perdendo boa oportunidade para finalizar.

O jogo seguiu morno, porém, pegou fogo nos minutos finais. Aos 44 minutos, Ibarra puxou contra-ataque rápido pelo Equador, passou pela marcação e tocou para Caicedo dentro da área. O atacante dominou a bola e finalizou para o gol para deixar tudo igual no Centenário.

A alegria equatoriana, no entanto, durou pouco. Logo na sequência, aos 45, Carlos Sánchez recebeu rebote dado pelo goleiro Dreer dentro da área e tocou para Diego Rolán. O atacante uruguaio apareceu para completar para a rede e retomou a vantagem dos donos da casa antes do intervalo.

A partida voltou para o segundo tempo extremamente aberta. A primeira boa chance foi do Equador. Aos 12 minutos, Noboa recebeu passe dentro da área e bateu firme para boa defesa de Muslera. Logo na sequência, aos 15, foi a vez de Suárez responder para o Uruguai em chute de fora da área por cima do gol.

Nos minutos seguintes, o jogo seguiu lá e cá, com o Equador tentando tocar mais a bola para criar jogadas e com o Uruguai se mantendo à procura do gol, mesmo com a vantagem no placar. Os visitantes, no entanto, não conseguiam criar chances efetivas para empatar.

Nos minutos finais, o volume de jogo aumentou, porém, mesmo assim, as oportunidades eram poucas. A última chance dos equatorianos aconteceu aos 45 minutos, em chute de Cazares de fora da área. A bola, no entanto, não foi em direção ao gol. Após mais alguns instantes de pressão, a defesa uruguaia fez seu trabalho e conseguiu segurar uma importante vitória pelas Eliminatórias.
 

URUGUAI 2 X 1 EQUADOR


URUGUAI
Muslera, Maxi Pereira, Godín, Coates e Gastón Silva; Arévalo Ríos, Vecino e Carlos Sánchez(Corujo); Stuani, Luis Suárez e Diego Rolán(Gastón Ramírez) Técnico: Óscar Tabárez


EQUADOR
Dreer, Paredes, Erazo, Achillier e Walter Ayoví; Noboa, Orejuela(Jaime Ayoví) e Miller Bolaños(Cazares); Ibarra, Caicedo e Fidel Martínez(Marcos Caicedo)
Técnico: Gustavo Quinteros

Local: Estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai)
Data: 10 de novembro de 2016 (Quinta-feira)
Árbitro: Víctor Carrillo (Peru)
Assistentes: Jonny Bossio (Peru) e Coty Carrera (Peru)
Cartões Amarelos: Arévalo Ríos(Uruguai); Fidel Martínez e Orejuela(Equador)

GOLS:
URUGUAI – Coates, aos 12, e Diego Rolán, aos 45 minutos do primeiro tempo
EQUADOR – Caicedo, aos 44 minutos do primeiro tempo
 
GAZETA PRESS 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker