Página inicial
 
Mural de recados
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
21.08 | MARCOS LEITE
FALAR EM TABELA DA SEGUNDONA VICTOR HUGO, PELA LEI TEM Q DIVULGAR 60 DIAS ANTES ...
21.08 | júnior
já pensou se não tivesse vaidade,e todos se unir-se como seria maravilhoso para ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/11/2015
20h11 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B: CBF revê decisão e jogo Boa x Bahia não será mais disputado em Aracaju e volta para Varginha
Dois dias após transferir o jogo entre Boa Esporte e Bahia, pela antepenúltima rodada da Série B, para o estádio Batistão, em Aracaju, a CBF mudou de ideia e remarcou o confronto para o seu local original: o estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG). A decisão veio após a Federação Pernambucana de Futebol enviar na quinta-feira um ofício solicitando a manutenção da partida para o interior mineiro, alegando que a alteração beneficiaria o clube baiano, que com isso viajaria 1.358 quilômetros a menos. 

Vale destacar que o Boa Esporte, virtualmente rebaixado, na penúltima colocação, têm a pior média de público da Série B, com apenas 541 pagantes por partida.
 
"Tinha certeza de que isso seria resolvido. Falei diretamente com Marco (Polo Del Nero, presidente da CBF) e ele me informou que essa mudança havia passado despercebida. A propria diretoria de competições da CBF já havia me informado que a partida voltaria para Varginha. A CBF não faria nenhuma ilegalidade ainda mais contra eu, que sou um aliado da entidade", afirmou o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho.
 
Ainda segundo o dirigente, para o próximo ano, a ideia é colocar o impedimento na transferência do mando de campo no regulamento do Brasileiro. "Vamos ver uma forma de colocar essaa vedação de transferência de mando de campo no regulamento da competição", destacou o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker