Página inicial
 
Mural de recados
14.12 | Carlos
Tem gente que fica revoltado quando se diz a verdade,minha gente jogador pro cen ...
14.12 | MARCONDES
SE A FOLHA DO SALGUEIRO VAI SER 130 MIL, A DO CENTRAL DEVE CHEGAR NO MÁXIMO A 15 ...
14.12 | MARCOS LEITE
O Q EU ACHO TEM TANTOS Q CRITICAM NEM VIRAM TIME JOGAR E SÓ JOGA PEDRAS, VAMOS E ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
30/07/2015
15h29 | esportes - Mercado da Bola
Ainda na mira do Porto, Lucas Lima admite outras propostas e queda de rendimento no Santos
Lucas Lima foi a bola da vez na sala de imprensa do CT Rei Pelé, nesta quinta-feira. E como não podia deixar de ser, o assunto que dominou a entrevista coletiva foi relacionado a possível saída do jogador para o futebol europeu. E, até de forma surpreendente, o camisa 20 admitiu que, mesmo depois de refutar a proposta do Porto, ainda não está excluída a possibilidade de um acerto.

“Acho que a porta não se fechou, não. Envolve a Doyen também, mas é claro que há a vontade de jogar nos clubes grandes”, comentou o meia, que também afirmou ter recebidos outras propostas, além do time português. “Chegaram outras, sim. A mais concreta foi a do Porto, mesmo”.

Donos de 80% dos direitos econômicos do atletas, a Doyen Sports foi à Europa buscar a oferta do Porto no início do mês. Como detém 10% do camisa 20 e ainda tinha direito a 20% do lucro da Doyen, o alvinegro praiano ficaria com pouco menos de R$ 10 milhões, caso o negócio se concretizasse. O Peixe já parecia conformado com a transferência e, inclusive, deu uma carta aos representantes do grupo de investimento liberando a negociação.

Ninguém contava, no entanto, com o racha na relação do meia com seu empresário, que é dono dos 10% restantes. Lucas Lima e Edson Khodor sequer têm se falado. O motivo do corte na relação de ambos é tratado em sigilo, mas Khodor inclusive já pretende vender sua porcentagem para não ter mais qualquer relação com jogador.

“Não me incomoda. Como falei. Tenho deixado isso de lado. Por motivos meus, a gente teve essa briga. Acabamos nos separando, mas ele tem os 10% e sempre vai ter, enquanto eu tiver jogando. Mas é tranquilo”, explicou Lucas Lima, que hoje é empresariado por Wagner Ribeiro.

“Sabemos da qualidade dele como agente. É uma excelente pessoa. Mas como falei, tudo tem seu tempo”, contou.

A janela de transferências da Europa segue aberta até 31 de agosto. Com isso, Lucas Lima, que tem contrato com o time da Vila Belmiro até dezembro de 2017, não exclui a chance de deixar o Peixe nas próximas semanas.

“Tem de deixar isso aberto, porque tudo pode acontecer. Como falei, quero sair se for algo muito bom para mim e para o Santos”, afirmou, mostrando que a pressão sob seu futuro já não lhe preocupa mais.

“No começo me incomodava mais, agora não. Estou focando dentro de campo e deixando meu pai cuidar disso. Tenho deixado de lado isso. Agora, não me incomoda mais”, disse, admitindo até que seu rendimento caiu desde que toda a polêmica se inciou.

“Acho que em alguns jogos podemos dizer que caiu. No começo, quando estava muito próximo de sair. Às vezes é difícil manter o foco nos jogos, por isso coloquei meu pai à frente de tudo para resolver e eu focar nos jogos. Mas acho que não caiu tanto assim, não”, encerrou, tentando descontrair.
 
Gazeta Press 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker