Página inicial
 
Mural de recados
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
17.10 | Antonio do Salgado
Sim entrou uma nova diretoria conversa bonita danada, reformaram a concentraçao ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/04/2015
15h57 | esportes - Futebol Nacional
Fim da linha! Muricy Ramalho deixa o São Paulo após um ano e meio
CLIQUE E CONFIRA.

Do Lancenet! 

São Paulo e Muricy Ramalho encerraram a terceira passagem do técnico pelo clube no início da tarde desta segunda-feira. Abalado pelos problemas de saúde e nos bastidores do Morumbi, o treinador entrou em acordo com a diretoria e não comandará mais o Tricolor nesta temporada. A informação foi confirmada pelo estafe do próprio comandante, que se despedirá do CT da Barra Funda nesta terça-feira.

 

A terceira passagem de Muricy pelo São Paulo, encerrada com os 2 a 0 para o Botafogo-SP no último domingo, teve pouco mais de um ano e meio de duração. Após a demissão em 2009, ele voltou ao clube em setembro de 2013 para salvar o time do rebaixamento e conseguiu cumprir a missão. Estreou contra a Ponte Preta no dia 12 de setembro e venceu por 1 a 0, no Morumbi. Mesmo com a salvação no Brasileirão, acabou eliminado na semifinal da Copa Sul-Americana para a própria Ponte Preta.

Em 2014, acumulou eliminações para pequenos. Caiu nas quartas de final do Paulistão para o Penapolense, nos pênaltis, e depois para o Bragantino, de maneira vexatória, também em casa na terceira fase da Copa do Brasil. No Brasilierão, teve seu melhor momento, já que terminou em segundo lugar e garantiu vaga na Libertadores. Pela Copa Sul-Americana, porém, outra eliminação em casa e nos pênaltis: para o Atlético Nacional (COL) na semifinal.

Em 2015, ostentou melhor campanha do Grupo 1 no Paulistão, mas não ganhou nenhum dos quatro clássicos que disputou na temporada (duas derrotas para o Corinthians, uma para o Palmeiras e empate contra o Santos) e nem sequer marcou gol contra os rivais. Na Libertadores, está em segundo do Grupo 2, mas com a mesma pontuação do San Lorenzo (ARG). Ainda joga contra Danubio (URU), dia 15 de abril no Uruguai, e dia 22 contra o Corinthians, no Morumbi.

Ausências por doença
De 2013 para cá, Muricy ficou fora do banco de reservas em cinco oportunidades. Em setembro do ano passado ficou internado por conta de uma arritmia cardíaca e não comandou o time contra Fluminense (derrota por 3 a 1 no Morumbi no Brasileirão), Huachipato (CHI) (vitória por 1 a 0 no Morumbi na Sul-Americana) e Grêmio (vitória por 1 a 0 na Arena no Brasileirão). Milton Cruz ficou no banco nessas partidas.

Com diverticulite, não viajou para Manaus no começo do ano para a disputa do Super Series contra Vasco e Flamengo. Lá, o Tricolor venceu por 2 a 1 o Cruz-Maltino e depois perdeu o título para o Flamengo por 1 a 0, dois dias depois. Milton Cruz novamente foi o técnico. Após a derrota de domingo para o Botafogo-SP, Muricy voltou a desabafar sobre o quanto está desgastado pelos problemas de saúde.

 




.
 
 
 
eXTReMe Tracker